Exportar registro bibliográfico

Avaliação da predisposição genética e fatores preditivos para o desenvolvimento do choque séptico em cadelas acometidas por piometra (2014)

  • Authors:
  • USP affiliated author: SANTOS, AUGUSTO CESAR DIAS DOS - FMVZ
  • School: FMVZ
  • Sigla do Departamento: VCI
  • Subjects: CADELAS; GENÉTICA ANIMAL; INFLAMAÇÃO; PIOMETRA ANIMAL; SEPSE
  • Keywords: Pyometra; Sepsis; Bitches; Genetics; Inflammation
  • Language: Português
  • Abstract: A piometra canina é uma infecção bacteriana que acomete o útero de cadelas sexualmente maduras e gera a síndrome clínica conhecida como sepse e síndrome da resposta inflamatória sistêmica. Quando não tratada adequadamente ocorre a progressão da doença para estágios mais graves como a sepse grave e o choque séptico. Embora as alterações ocasionadas pela infecção serem conhecidas, o correto estadiamento da gravidade do quadro ainda é um obstáculo. O processo de inflamação sistêmica é complexo, o fator de necrose tumoral (TNF-α e a interleucina 1β (IL-1β) aparecem como mediadores inflamatórios centrais nos casos de sepse. Estudos recentes do DNA de pacientes em choque séptico têm demonstrado a presença de mutações ou polimorfismos que exercem grande influência na produção do TNF-α e da IL-1β. Com exceção da avaliação sérica de lactato, a proteína C reativa (CRP) é o biomarcador mais utilizado em testes clínicos para o diagnóstico e tratamento da sepse. Os objetivos principais do estudo foram avaliar a gravidade do caso; as alterações sistêmicas e metabólicas do paciente no período pré-operatório; as concentrações plasmáticas do TNF-α, IL-1β, IL-6 e CRP no momento do diagnóstico; a presença de polimorfismos na região decodificadora do TNF-α e da IL-1β. Foram incluídas 9 cadelas sem piometra e 85 com piometra, afecção diagnosticada a partir do histórico e dos sinais clínicos identificados por meio do exame físico e ultrassonografia abdominal; e foram estratificadas para a gravidade do caso em sepse, sepse grave ou choque séptico. As variáveis clinicas e laboratoriais foram coletadas no momento do diagnóstico e confrontadas estatisticamente pelo método de comparações múltiplas. Os resultados mostraram 23 (24,4%) animais em sepse, 60 (63,82%) em sepse grave e dois (2,12%) em choque séptico. As alterações mais significativas foram observadas nosanimais com sepse grave e em choque séptico e pode-se destacar a variação no tempo de preenchimento capilar, na pressão arterial, na contagem leucocitária, na albuminemia, na fosfatase alcalina, na creatinina, no pH, na CRP e na IL-6. O exame do gene da IL-1β demonstrou que os animais em sepse com o alelo GG apresentam níveis séricos de IL-1β mais elevados. Foi possível concluir que a estratificação da gravidade do caso para os animais em sepse grave é muito branda e não distingue os animais em estado mais grave dos menos grave dentro do mesmo grupo; que o estadiamento da gravidade poder ser realizado com avaliações corriqueiras e empregadas de forma rotineira no atendimento dos pacientes; que a proteína C reativa e a IL-6 apresentam correlação direta com a gravidade do caso; e que o polimorfismo do gene da IL-1β e o tempo decorrido entre o inicio dos sintomas até que os proprietários procurassem ajuda médica foram os de maior influência sobre a gravidade do caso
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 18.12.2014
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SANTOS, Augusto Cesar Dias dos; CORTOPASSI, Silvia Renata Gaido. Avaliação da predisposição genética e fatores preditivos para o desenvolvimento do choque séptico em cadelas acometidas por piometra. 2014.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10137/tde-24032015-115616/ >.
    • APA

      Santos, A. C. D. dos, & Cortopassi, S. R. G. (2014). Avaliação da predisposição genética e fatores preditivos para o desenvolvimento do choque séptico em cadelas acometidas por piometra. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10137/tde-24032015-115616/
    • NLM

      Santos ACD dos, Cortopassi SRG. Avaliação da predisposição genética e fatores preditivos para o desenvolvimento do choque séptico em cadelas acometidas por piometra [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10137/tde-24032015-115616/
    • Vancouver

      Santos ACD dos, Cortopassi SRG. Avaliação da predisposição genética e fatores preditivos para o desenvolvimento do choque séptico em cadelas acometidas por piometra [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10137/tde-24032015-115616/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2022