Exportar registro bibliográfico

Biomonitoramento intra-urbano da poluição de origem veicular: utilização da casca de árvore na identificação de fontes de poluição atmosférica (2016)

  • Authors:
  • Autor USP: MOREIRA, TIANA CARLA LOPES - FM
  • Unidade: FM
  • Sigla do Departamento: MPT
  • Subjects: POLUIÇÃO ATMOSFÉRICA; SAÚDE AMBIENTAL; CASCAS (PLANTA); MONITORAMENTO AMBIENTAL; VEÍCULOS; POLUIÇÃO AMBIENTAL
  • Keywords: Air monitoring; Air pollution; Emissões de veículos; Environmental health; Plant bark; Saúde ambiental; Vehicle emissions
  • Language: Português
  • Abstract: Devido à dispersão heterogênea da poluição do ar, é importante compreender as fontes de poluição local para avaliar os impactos sobre a saúde humana. Os elementos químicos, especialmente metais, podem afetar a saúde humana, causando efeitos genotóxicos, indução de câncer e danos nos sistemas imunes e neurológicos. Alguns elementos são considerados marcadores de emissões veiculares. Por conseguinte, é de grande interesse avaliar se existe uma relação entre o fluxo de tráfego de veículos e a deposição de elementos usando a técnica biomonitoramento. Neste estudo, casca de árvore de 171 diferentes pontos de amostragens coletados no centro expandido da cidade de São Paulo foi utilizada como biomonitora. As concentrações dos elementos químicos (Al, Ba, Ca, Cl, Cu, Fe, K, Mg, Mn, Na, P, Pb, Rb, S, Sr e Zn) foram determinadas por meio da espectrometria de fluorescência de raios x por dispersão de energia (EDXRF). A técnica estatística da análise de componentes principais (PCA) foi aplicada aos resultados analíticos obtidos para identificar as fontes de poluentes de elementos químicos. A principal fonte de poluentes do ar encontrada no Centro expandido da cidade de São Paulo pôde ser atribuída à emissão veicular principalmente de processos de desgastes de suas peças e da ressuspensão das poeiras das vias (caracterizados por Al, Ba, Cu, Fe, Mn e Zn), explicando 27,1 % da variância, seguida de cimento das construções (14,8 %), sal marinho (11,6 %) e queima de madeira (10 %) O modelo receptor conhecido como fatoração de matrizpositiva utilizado para identificação das fontes de poluição do ar mostrou também que a emissão veicular é a principal fonte de origem dos poluentes na área de estudo. Foi verificado ainda que os elementos relacionados à emissão veicular apresentaram diferentes concentrações em uma mesma rua, e estes resultados permitiram obter uma nova classificação das ruas de acordo com a concentração dos elementos. Os mapas de distribuição espacial das concentrações dos elementos foram obtidos para avaliar os diferentes níveis de poluição em ruas e avenidas. Os resultados indicaram que a técnica de biomonitoramento pode ser aplicada para avaliar a dispersão da poluição do ar
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 20.01.2016
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MOREIRA, Tiana Carla Lopes; SAIKI, Mitiko. Biomonitoramento intra-urbano da poluição de origem veicular: utilização da casca de árvore na identificação de fontes de poluição atmosférica. 2016.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2016. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5144/tde-08042016-160957/ >.
    • APA

      Moreira, T. C. L., & Saiki, M. (2016). Biomonitoramento intra-urbano da poluição de origem veicular: utilização da casca de árvore na identificação de fontes de poluição atmosférica. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5144/tde-08042016-160957/
    • NLM

      Moreira TCL, Saiki M. Biomonitoramento intra-urbano da poluição de origem veicular: utilização da casca de árvore na identificação de fontes de poluição atmosférica [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5144/tde-08042016-160957/
    • Vancouver

      Moreira TCL, Saiki M. Biomonitoramento intra-urbano da poluição de origem veicular: utilização da casca de árvore na identificação de fontes de poluição atmosférica [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5144/tde-08042016-160957/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020