Exportar registro bibliográfico

Caracterização das células do epitélio coclear de fetos de cão (2015)

  • Authors:
  • Autor USP: SANTOS, ANA CAROLINA MARTINS DOS - FMVZ
  • Unidade: FMVZ
  • Sigla do Departamento: VCI
  • Subjects: CÃES; CÉLULAS EPITELIAIS; CÉLULAS-TRONCO; CÓCLEA; FETO (VETERINÁRIA)
  • Keywords: Cochlea; Dog fetuses; Fetos de cão; Stem cells
  • Language: Português
  • Abstract: A maioria das perdas auditivas adquiridas ou congênitas decorre de dano ou perda das células ciliares da cóclea ou dos seus neurônios associados. A irreversibilidade da surdez em mamíferos ocorre devido à incapacidade de substituição das células perdidas, seja por divisão celular ou por regeneração de células endógenas no epitélio da orelha interna. Com isso o objetivo deste trabalho foi obtenção de linhagens de células progenitoras do epitélio coclear de fetos de cães com 40 dias de gestação, colaborando com futuras pesquisas relacionadas a trabalhos de tratamento para surdez neurossensorial. Foram utilizados oito fetos caninos com idade compreendidos a 40 dias de gestação, nos quais, foi realizada uma dissecação no crânio, expondo a cóclea para a retirada do epitélio coclear, visando sua analise morfológica, e obtenção de suas células. Para analise morfológica do tecido colear realizou-se as técnicas macroscópica, microscópica e de imunohistoquímica. As células obtidas da cóclea foram fotodocumentadas, e submetidas às analises de método colorimétrico MTT (3-(4,5-Dimethylthiazol-2-уl)-2,5-Diphenyltetrazolium Bromide), análise do ciclo celular, análise da imunofenotipagem e da diferenciação celular. Em cultivo as células apresentaram formato fibroblastóide. Na caracterização imunofenotipica apresentaram marcação positiva para marcadores de células-tronco mesenquimais e de pluripotência e marcação negativa para células hematopoiéticas. Apresentaram ainda a capacidade dediferenciação para linhagens celulares osteogênicas, adipogênicas e condrogênicas. Essas análises sugeriram resultados satisfatórios na obtenção, quantificação e caracterização dessas células, as quais foram adquiridas a partir de células do epitélio coclear de feto de cão, as quais poderão constituir fontes de células a serem utilizadas na terapia celular da espécie canina destinada ao tratamento de surdez causada por lesões ou danos do epitélio coclear
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 17.09.2015
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SANTOS, Ana Carolina Martins dos; MIGLINO, Maria Angélica. Caracterização das células do epitélio coclear de fetos de cão. 2015.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10132/tde-09122015-122312/ >.
    • APA

      Santos, A. C. M. dos, & Miglino, M. A. (2015). Caracterização das células do epitélio coclear de fetos de cão. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10132/tde-09122015-122312/
    • NLM

      Santos ACM dos, Miglino MA. Caracterização das células do epitélio coclear de fetos de cão [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10132/tde-09122015-122312/
    • Vancouver

      Santos ACM dos, Miglino MA. Caracterização das células do epitélio coclear de fetos de cão [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10132/tde-09122015-122312/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021