Exportar registro bibliográfico

Sensor óptico de temperatura baseado no processo de conversão ascendente de energia em vidros fluorofosfatos dopados com 'Er POT.3+' (2016)

  • Authors:
  • Autor USP: SANTOS, ALLYSONN JORGE DOS - EESC
  • Unidade: EESC
  • Sigla do Departamento: SMM
  • Subjects: MATÉRIA CONDENSADA; VIDRO; SENSORES ÓPTICOS
  • Keywords: CONVERÃO ASCENDENTE; SENSOR DE TEMPERATURA; VIDROS FLUOROFOSFATOS; ÍONS TERRAS RARAS
  • Language: Português
  • Abstract: O processo de conversão ascendente de energia (infravermelho ao visível) é amplamente estudado em materiais dopados com íons terras raras trivalentes ('TR POT.3+') devido as várias possibilidades de aplicações tecnológicas. Tal processo consiste na emissão de fótons de maior energia (usualmente no visível) mediante excitação com fótons de menor energia (infravermelho) via mecanismo de absorção de dois fótons e/ou transferência de energia entre os íons 'TR POT.3+'. Entre os materiais estudados destacam-se vidros e vitrocerâmicas dopados com 'Er POT.3+' com emissões nas regiões do verde e do vermelho, que podem ser eficientemente excitadas por lasers de diodo na região do infravermelho próximo (980 nm). Uma das aplicações possíveis para este processo é a de um sensor óptico de temperatura baseado na dependência da razão de intensidades de emissão dos níveis 'ANTPOT.2H''IND.11/2' e 'ANTPOT.4S''IND.3/2' do 'Er POT.3+' com a temperatura, vantajoso para operação em ambientes hostis como transformadores de alta tensão, em processos industriais, etc. Como a eficiência das emissões depende também da matriz hospedeira, os vidros fluorofosfatos com composição 25'Ba''F IND.2'25'Sr''F IND.2'(30-x)''Al'('P0 IND.3')IND.3' x'Al''F IND.3'(20-z)Y'F IND.3':z'Er''F IND.3' com x = 20 e z = 1,0 a 5,0 mol% foram escolhidos por apresentarem alta estabilidade química e mecânica, e energia de fônon relativamente baixa. Assim, amostras vítreas dopadas com variáveis concentrações de 'Er POT.3+' foram previamente caracterizadas e selecionadas para desenvolver o protótipo que emprega a variação de intensidade relativa das emissões 'ANTPOT.2H''IND.11/2' - 'ANTPOT.4I''IND.15/2' e 'ANTPOT.4S''IND.3/2' - 'ANTPOT.4I''IND.15/2' do vidro fluorofosfato dopado com 'Er POT.3+' na medição de temperaturas. O protótipo apresenta características de baixo custo, alta sensibilidade rápida resposta
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 12.02.2016
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SANTOS, Allysonn Jorge dos; DE CAMARGO, Andrea Simone Stucchi. Sensor óptico de temperatura baseado no processo de conversão ascendente de energia em vidros fluorofosfatos dopados com 'Er POT.3+'. 2016.Universidade de São Paulo, São Carlos, 2016. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18158/tde-03052016-090614/pt-br.php >.
    • APA

      Santos, A. J. dos, & de Camargo, A. S. S. (2016). Sensor óptico de temperatura baseado no processo de conversão ascendente de energia em vidros fluorofosfatos dopados com 'Er POT.3+'. Universidade de São Paulo, São Carlos. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18158/tde-03052016-090614/pt-br.php
    • NLM

      Santos AJ dos, de Camargo ASS. Sensor óptico de temperatura baseado no processo de conversão ascendente de energia em vidros fluorofosfatos dopados com 'Er POT.3+' [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18158/tde-03052016-090614/pt-br.php
    • Vancouver

      Santos AJ dos, de Camargo ASS. Sensor óptico de temperatura baseado no processo de conversão ascendente de energia em vidros fluorofosfatos dopados com 'Er POT.3+' [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18158/tde-03052016-090614/pt-br.php

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021