Exportar registro bibliográfico

Respostas do orégano a diferentes potenciais matriciais da água no solo (2016)

  • Authors:
  • Autor USP: SANTOS, HUGO THANER DOS - ESALQ
  • Unidade: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LEB
  • Subjects: ÁGUA DO SOLO; BIOMASSA; IRRIGAÇÃO POR GOTEJAMENTO; ÓLEOS ESSENCIAIS; ORÉGANO
  • Language: Português
  • Abstract: Pouco ainda se sabe das respostas do orégano frente às condições brasileiras de cultivo agrícola. Esta dissertação tem por objetivo verificar as respostas do orégano em produção de biomassa e óleo essencial frente ao déficit hídrico ocasionado por diferentes potenciais matriciais da água no solo. Em casa de vegetação, foram realizados dois experimentos em vasos de 15 L. O primeiro ensaio foi realizado na primavera/verão de 2014/2015 e o segundo ensaio no outono/inverno de 2015, em um delineamento em blocos casualizados em fatorial 4 X 3 + 1 composto por quatro potenciais mátricos da água no solo (-60,8; -91,2; - 121,2 e -152,0 kPa) adotados em três fases do cultivo (ciclo todo, fase vegetativa e fase de pré-florescimento) e o tratamento adicional (-19,7 kPa equivalente a capacidade de campo), com 6 repetições, totalizando 78 parcelas. Aos 96 dias após o transplantio das mudas foram realizadas as colheitas e a avaliação das plantas cultivadas, por meio da determinação da biomassa fresca e seca, teor e rendimento de óleo essencial e produtividade da água em função da biomassa seca e óleo essencial. O potencial mátrico -60,8 kPa adotado no manejo da irrigação durante todo o cultivo do orégano resultou no maior teor e rendimento de óleo essencial, já o potencial mátrico -91,2 kPa adotado no manejo da irrigação durante o préflorescimento do orégano resultou na melhor média de biomassa seca. O potencial mátrico -60,8 kPa adotado no manejo da irrigação durante o pré-florescimentodo orégano resultou na melhor média de biomassa fresca. A maior produtividade da água em função do óleo essencial foi alcançada manejando a irrigação do orégano a -60,8 kPa durante todo ciclo de cultivo, a maior produtividade da água em função da biomassa seca foi obtida manejando a irrigação do orégano a -91,2 kPa durante todo ciclo de cultivo. A melhor estação sazonal para cultivo do orégano tendo por foco a extração de óleo essencial foi à primavera/verão e ambas estações sazonais são recomendadas para o cultivo do orégano tendo por foco a produção de biomassa seca e fresca
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 27.01.2016
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SANTOS, Hugo Thaner dos; MARQUES, Patricia Angélica Alves. Respostas do orégano a diferentes potenciais matriciais da água no solo. 2016.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2016. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11152/tde-28032016-120502/ >.
    • APA

      Santos, H. T. dos, & Marques, P. A. A. (2016). Respostas do orégano a diferentes potenciais matriciais da água no solo. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11152/tde-28032016-120502/
    • NLM

      Santos HT dos, Marques PAA. Respostas do orégano a diferentes potenciais matriciais da água no solo [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11152/tde-28032016-120502/
    • Vancouver

      Santos HT dos, Marques PAA. Respostas do orégano a diferentes potenciais matriciais da água no solo [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11152/tde-28032016-120502/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021