Exportar registro bibliográfico

Análise do perfil epidemiológico, socioeconômico e da prevalência de obesidade em mulheres submetidas à mamografia de rastreamento (2015)

  • Authors:
  • Autor USP: SANT'ANA, RICARDO SOARES DE - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RMS
  • Subjects: NEOPLASIAS MAMÁRIAS; MAMOGRAFIA; OBESIDADE
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: Em todo o mundo, o câncer de mama é o tipo de câncer que mais acomete as mulheres, tanto em países em desenvolvimento quanto em países desenvolvidos; assim, a mamografia de rastreamento é importante para o diagnóstico precoce do câncer de mama. A obesidade pode retardar o diagnóstico de câncer de mama e desta forma comprometer o prognóstico e comorbidades mais graves no momento do diagnóstico. Objetivo: Avaliar a prevalência de obesidade e os fatores de riscos associados em mulheres submetidas à mamografia de rastreamento e sua relação com o diagnóstico para o câncer de mama. Métodos: Trata-se de um estudo transversal realizado com mulheres submetidas à mamografia de rastreamento atendidas pelo Departamento de Prevenção do Hospital de Câncer de Barretos. A amostra foi composta por 600 mulheres com idade de 40 a 69 anos, na qual todas responderam um questionário de coleta de dados e foram submetidas à avaliação antropométrica e análise de impedância bioelétrica. Foram realizadas comparações entre parâmetros que apresentam distribuição normal através do teste t de Student das amostras independentes ou dependentes, quando indicado, bem como o cálculo da razão de prevalência (RP) e Odds Ratio (OR) como medidas de associação entre as variáveis independentes e as alterações na mama. O nível de significância adotado em todas as análises foi de 5%. Resultados: Dentre as 600 mulheres avaliadas, 45,0% pertenciam à faixa etária dos 40 a 49 anos e 60,2% foram classificas na categoria BI-RADS 2. Elevada prevalência de obesidade (40,5%) e excesso de peso (78,0%) foi observada. O estado civil, o nível de atividade física e a hipertensão arterial foram associados à alteração na mama direita e o grau de parentesco para outros tipos de câncer na mama esquerda. Na análise multivariada por regressão logística, dos fatores associados ao achado mamográfico, verificou-seque as mulheres com hipertensão arterial OR=2,64 (IC95% 1,07; 6,49) apresentou maior chance de alteração na mama. Em relação ao nível de atividade física OR=0,30 (IC95% 0,11; 0,81) verificou-se que essa variável está inversamente associada à chance de alteração na mama. Conclusão: Os resultados sugerem que mulheres hipertensas submetidas à mamografia de rastreamento tem maior chance de ter a mama alterada e, no tocante ao nível de atividade física, esse achado sugere que as mulheres consideradas ativas têm 70% menos chance de ter alteração na mama em relação às mulheres sedentárias. Constatou-se ainda que, a prevalência de obesidade e excesso de peso entre as mulheres da amostra estava acima do esperado para essa população, o IMC ≥ 30,0 kg/m2 não mostrou diferença significativa na associação com os achados mamográficos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 23.10.2015

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SANT'ANA, Ricardo Soares de; NUNES, Altacílio Aparecido. Análise do perfil epidemiológico, socioeconômico e da prevalência de obesidade em mulheres submetidas à mamografia de rastreamento. 2015.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2015.
    • APA

      Sant'ana, R. S. de, & Nunes, A. A. (2015). Análise do perfil epidemiológico, socioeconômico e da prevalência de obesidade em mulheres submetidas à mamografia de rastreamento. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Sant'ana RS de, Nunes AA. Análise do perfil epidemiológico, socioeconômico e da prevalência de obesidade em mulheres submetidas à mamografia de rastreamento. 2015 ;
    • Vancouver

      Sant'ana RS de, Nunes AA. Análise do perfil epidemiológico, socioeconômico e da prevalência de obesidade em mulheres submetidas à mamografia de rastreamento. 2015 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021