Exportar registro bibliográfico

Análise dos fatores associados ao processo de regulação médica de urgências e emergências através de um sistema informatizado (2015)

  • Authors:
  • USP affiliated author: ADOLFI JUNIOR, MARIO SERGIO - FMRP
  • School: FMRP
  • Sigla do Departamento: RCM
  • Subjects: ADMINISTRAÇÃO DE SERVIÇOS DE SAÚDE; FLUXOGRAMA; SISTEMAS DE INFORMAÇÃO
  • Language: Português
  • Abstract: Objetivos: PRIMÁRIOS: 1. Analisar os fatores associados a resolutividade e ao tempo de espera no processo de Regulação Médica de Urgências e Emergências. SECUNDÁRIOS: 1. Caracterizar o perfil dos pacientes não regulados e os principais motivos para essas ocorrências. 2. Avaliar o processo de regulação médica, identificando as modificações de prioridade e a utilização de mecanismos de gestão 3. Avaliar o desfecho do processo de regulação quanto à admissão e características dos pacientes no ambiente hospitalar 4. Avaliar as solicitações de regulação repetidas para um mesmo paciente e a ocorrência do fenômeno de “Porta-Giratória” 5. Avaliar a importância e o potencial de um sistema informatizado baseado na rede mundial de computadores no processo de regulação médica. Metodologia: Trata-se de uma coorte na qual se utilizou um programa de gerenciamento de dados, o Sistema de Regulação de Urgências e Emergências (SRUE), especialmente desenvolvido para documentar o processo de regulação médica de urgência e emergência (RMUE) da Divisão Regional de Saúde XIII do estado de São Paulo (DRS-XIII). Foram analisados os dados coletados por meio do SRUE no período de 01 de Setembro a 20 de Novembro de 2009 e base de dados complementar originária da UE-HCFMRPUSP. As informações foram condensadas em variáveis representativas e analisadas em diferentes estratégias visando a identificação de fatores associados ao processo de RMUE. Resultados: Foram realizadas 3.115 solicitações ao sistema no período de coleta do estudo, atendendo 2.683 pacientes, sendo que 191(7,1%) apresentaram mais de uma solicitação de RMUE no período do estudo. Do total das solicitações submetidas ao sistema 2.310(73,2%) foram completadas sendo 126(5,4%) solicitações encaminhadas como Vaga-Zero, porém somente 23(0,9%) sendo priorizada como Vaga-Zero desde o início da solicitação. Com o uso da regressão logística binária para odesfecho do paciente, foi possível observar que o número de tentativas [2,53(2,28;2,82)], total de intercorrências submetidas [0,87(0,84;0,91)], a evolução da gravidade do caso [2,24 (1,64;3,05)] e a prioridade inicial [1,53(1,35;1,73)] estão associadas ao desfecho. Quando analisados os fatores associados ao paciente receber Alta ou ser Internado após encaminhamento para UE-HCFMRP-USP (Alta = 0; Internação = 1), as variáveis número de tentativas de encaminhamento [1,477(1,222;1,784)], a prioridade inicial [2,725(2,158;3,44)] e evolução da gravidade do caso [2,284(1,528;3,416)] são as que apresentam maiores influencias no modelo. Quando observamos o motivo do cancelamento das solicitações, é possível observar que em 43,8% dos casos a solicitação é cancelada após a resolução em nível local, em 21,7% dos casos os pacientes buscaram uma forma externa de assistência, 10% das solicitações foram canceladas por não se tratarem de urgências ou emergências, 3,8% foram devido ao paciente ir a óbito durante o processo regulatório e 20,7% foram cancelados por outros motivos. Conclusões: PRIMÁRIOS: 1. Esse trabalho demonstrou que variáveis como o tempo de espera para localização de uma vaga, prioridade inicial e evolução do caso, número de contatos realizados e intercorrências documentadas pelos partícipes do processo de regulação são variáveis que contribuem independentemente para a efetivação de uma transferência e para o tempo até que essa transferência seja executada a partir da solicitação. SECUNDÁRIOS: 1. Cerca de um quarto dos pacientes para os quais é feita uma solicitação tem seu processo de regulação cancelados, o que pode ser atribuído às dificuldades estruturais da rede, distância do prestador terciário e organização do processo de regulação médica. 2. O processo de regulação médica tem mecanismos gerenciais previstos que ainda carecem de melhorcaracterização, sendo o exemplo mais premente o recurso da vaga-zero, que pode estar deixando de ser utilizado em alguns casos e utilizado de modo excessivo em outros. Isso só poderá ser resolvido com maior transparência do processo e unificação do processo pré-hospitalar ao processo intra-hospitalar de regulação conforme as exigências legais. 3. Ainda há diferenças de acesso aos prestadores o que pode ocasionar viés de encaminhamento, reforçando a necessidade do processo de regulação intra-hospitalar. Também é importante ressaltar que uma porcentagem não desprezível de pacientes não necessitou internação e não foi possível avaliar se os que foram internados necessitariam de recursos terciários, ressaltando a necessidade de auditoria contínua desses casos. 4. Esse estudo comprovou a existência de múltiplas solicitações para um mesmo paciente que indica que o fenômeno de “Porta-Giratória” descrito para doenças crônicas pode estar ocorrendo também em nível de sistema regulador. 5. A informatização do processo regulador se mostrou segura e eficaz e possibilitou uma base de dados para estudo de futuras alterações que garantam a equidade e transparência do uso dos recursos públicos de modo mais eficiente
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 23.09.2015

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ADOLFI JÚNIOR, Mario Sérgio; PAZIN FILHO, Antônio. Análise dos fatores associados ao processo de regulação médica de urgências e emergências através de um sistema informatizado. 2015.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2015.
    • APA

      Adolfi Júnior, M. S., & Pazin Filho, A. (2015). Análise dos fatores associados ao processo de regulação médica de urgências e emergências através de um sistema informatizado. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Adolfi Júnior MS, Pazin Filho A. Análise dos fatores associados ao processo de regulação médica de urgências e emergências através de um sistema informatizado. 2015 ;
    • Vancouver

      Adolfi Júnior MS, Pazin Filho A. Análise dos fatores associados ao processo de regulação médica de urgências e emergências através de um sistema informatizado. 2015 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020