Exportar registro bibliográfico

Leis de Escala em Cidades (2015)

  • Authors:
  • Autor USP: MIRANDA, JOÃO VITOR MEIRELLES DE - EACH
  • Unidade: EACH
  • Subjects: CIDADES (ESTUDO); URBANIZAÇÃO; PLANEJAMENTO TERRITORIAL URBANO; SISTEMAS DINÂMICOS
  • Keywords: Agent based modelling; Ciência das cidades; Complex systems; Leis de escala; Modelagem baseada em agentes; Scaling laws; Science of cities; Sistemas complexos
  • Language: Português
  • Abstract: Ao longo da história, diversas foram as tentativas da ciência em sistematizar o conhecimento sobre as cidades. Um conjunto de recentes descobertas empíricas deu início a uma nova ciência urbana, fundamentada nos sistemas complexos( BATTY , 2013). Uma das raízes empíricos dessa ciência está nas análises de escalamento entre diversas variáveis urbanas com a população das cidades. Como hipótese fundamental, propõe-se que por mais diferentes que sejam, parece existir um padrão muito claro de escalamento entre a população dos centros urbanos com variáveis de produção socioeconômica (superlinear) e variáveis infraestruturais (sublinear). Um modelo de campo médio proposto por Bettencourt( BETTENCOURT , 2013) parece apresentar uma prossível explicação para a origem dessas leis de escala nas interações sociais. Essa hipótese ainda carece, entretanto, de maiores comprovações empíricas e de maiores explorações do modelo proposto. O presente trabalho apresenta os resultados de uma exploração das leis de escala entre as cidades brasileiras e uma tradução do modelo de Bettencourt em uma estrutura de modelagem por agentes. Os padrões de escalamento das cidades brasileiras parecem seguir aqueles encontrados em outras cidades do mundo com certa robustez. Escalamentos de variáveis de arrecadação e de despesas foram estudados e as cidades brasileiras parecem otimizá-los a medida que crescem. (continua)(continuação) O modelo se mostrou coerente com os fatos observados empiricamente e indicou que cidades muito desiguais tendem a ter menores produções socioeconômicas e que áreas de interações maiores e custos de transporte menores tendem a produzir mais interações socioeconômicas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 13.11.2015
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MIRANDA, João Vitor Meirelles de; RODRIGUES NETO, Camilo. Leis de Escala em Cidades. 2015.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/100/100132/tde-21012016-134950/ >.
    • APA

      Miranda, J. V. M. de, & Rodrigues Neto, C. (2015). Leis de Escala em Cidades. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/100/100132/tde-21012016-134950/
    • NLM

      Miranda JVM de, Rodrigues Neto C. Leis de Escala em Cidades [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/100/100132/tde-21012016-134950/
    • Vancouver

      Miranda JVM de, Rodrigues Neto C. Leis de Escala em Cidades [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/100/100132/tde-21012016-134950/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021