Exportar registro bibliográfico

Estudo epidemiológico das hepatites B e C em Cássia dos Coqueiros, São Paulo, Brasil (2015)

  • Authors:
  • Autor USP: MELO, LAURA VALDIANE LUZ - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RMS
  • Subjects: EPIDEMIOLOGIA; HEPATITE B; HEPATITE C
  • Language: Português
  • Abstract: As infecções pelos vírus das hepatites B e C se mantêm como importante causa de morbidade e mortalidade mundial, tornando necessários estudos de campo em larga escala com vistas a estabelecer a situação epidemiológica dessas enfermidades, de modo a permitir a adoção de medidas de controle. Além de pouco comuns, tais estudos têm sido realizados em grupamentos populacionais de grandes cidades, deixando lacunas no conhecimento da situação presente em municípios de pequeno porte. Na tentativa de aclarar essa situação foi realizada uma investigação epidemiológica transversal, que buscou medir as prevalências dos marcadores das hepatites B e C e presença de fatores associados à infecção. Foram incluídos todos os habitantes de Cássia dos Coqueiros com idade igual ou superior a 18 anos que concordaram em participar da investigação, mediante assinatura do termo de consentimento livre e esclarecido, totalizando 1001 indivíduos. Estes foram submetidos à coleta de sangue e aplicação de um questionário específico, entre os anos de 2011 e 2013, abordando variáveis de natureza demográfica, socioeconômica e relativas a fatores de risco para as hepatites B e C. As informações foram codificadas e digitadas em um banco de dados, transportadas para um pacote estatístico (STATA® 9.0) e submetidas à análise uni e multivariada, buscando-se existência de associações entre possíveis fatores de risco e presença de marcadores. Dentre os participantes, 41 (4,1%) possuíam perfil sorológico de exposição ao vírus da Hepatite B (VHB) destes, todos possuíam marcadores de exposição prévia (anti-HBc) e apenas um (0,1%) foi considerado portador do vírus (HBsAg), cujo material viral foi detectado. Os percentuais de presença do marcador anti-HBs isolado foram de 17,8% no conjunto da população e de 65,7% entre os situados na faixa de 18 a 25 anos, o que leva à inferência de que a coberturavacinal ainda está distante dos padrões ideais. Em análise univariada, foi constatada associação (p<0,05) entre marcadores de infecção pelo VHB e as seguintes variáveis: idade, local de nascimento fora do estado de São Paulo, antecedente de hepatite, ter tido seis ou mais parceiros sexuais ao longo da vida, dois ou mais parceiros sexuais nos últimos seis meses, episódio de DST e uso prévio de seringa de vidro. Já em análise multivariada mantiveram associação as variáveis: idade, local de nascimento fora do estado de São Paulo, antecedente de hepatite, ter tido 2 ou mais parceiros sexuais nos últimos seis meses, além de tatuagem. Quanto à hepatite C, quatro participantes (0,4%) possuíam perfil sorológico de exposição prévia ao vírus (anti-VHC). No entanto, após confirmação pela pesquisa do RNA viral, apenas um (0,1%) indivíduo manteve positividade. Portanto, comparado com inquérito levado a efeito há mais de 25 anos na mesma cidade, percebe-se que o percentual de positividade para hepatite B manteve-se reduzido, apesar de mudanças comportamentais consideráveis ocorridas no período, traduzidas por maior liberalidade sexual e surgimento da utilização de drogas ilícitas. Possivelmente a preferência pelo consumo de crack, ao invés de drogas injetáveis, esteja associada aos baixos percentuais das hepatites B e C
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 06.10.2015

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MELO, Laura Valdiane Luz; PASSOS, Afonso Dinis Costa. Estudo epidemiológico das hepatites B e C em Cássia dos Coqueiros, São Paulo, Brasil. 2015.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2015.
    • APA

      Melo, L. V. L., & Passos, A. D. C. (2015). Estudo epidemiológico das hepatites B e C em Cássia dos Coqueiros, São Paulo, Brasil. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Melo LVL, Passos ADC. Estudo epidemiológico das hepatites B e C em Cássia dos Coqueiros, São Paulo, Brasil. 2015 ;
    • Vancouver

      Melo LVL, Passos ADC. Estudo epidemiológico das hepatites B e C em Cássia dos Coqueiros, São Paulo, Brasil. 2015 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021