Exportar registro bibliográfico

Os Diários de Vampira: a sexualidade livre e dominadora das vampiras e o tratamento dado pela mídia (2014)

  • Authors:
  • Autor USP: QUITSCHAL, PATRICIA MAIA - EACH
  • Unidade: EACH
  • Subjects: SEXUALIDADE (ASPECTOS SOCIAIS); SERIADO (GÊNERO) (ASPECTOS SEMIOLÓGICOS); MULHERES; VAMPIROS
  • Keywords: Audiovisual; Audiovisual; Gender; Misoginia; Misogyny; Sexuality; Vampires
  • Language: Português
  • Abstract: Objetivo: Verificar a atribuição de um teor de negatividade para a liberação sexual feminina em produtos culturais, focando no caso do seriado estadunidense The Vampire Diaries, levando em consideração a concepção de feminino predominante na cultura ocidental e os significados que a figura da vampira adquirem dentro dela. Metodologia: Analisar a cultura de violência contra a mulher, os preconceitos que a justificam e como isso aparece de forma ideológica em produtos culturais; comparar a vampira Katherine Pierce e seu duplo, a humana Elena Gilbert, ambas do seriado The Vampire Diaries, utilizando teoria semiótica francesa; comparar as contrapartes masculinas Damon e Stefan Salvatore e verificar reações do público alvo, predominantemente feminino, diante de suas condutas; observar o tratamento dado à sexualidade feminina em diversos produtos culturais. Resultados: A mensagem ideológica velada no seriado é de que a vampira Katherine e sua sexualidade exuberante representam o mal, enquanto a humana Elena e sua conduta recatada representam o bem. Entretanto, a conduta sexual violenta de Damon Salvatore não é representada como algo passível de punições. Conclusão: O presente estudo conclui que a sexualidade feminina é apresentada de forma negativa no seriado, e que isso é um reflexo de valores arraigados na cultura ocidental. (continua)(continuação) A conduta sexual é, de modo geral, utilizada como um dado definidor do caráter de personagens femininos em produtos culturais, sendo que a atividade sexual "excessiva" predominantemente acarreta punições
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 24.04.2014
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      QUITSCHAL, Patricia Maia; PIASSI, Luis Paulo de Carvalho. Os Diários de Vampira: a sexualidade livre e dominadora das vampiras e o tratamento dado pela mídia. 2014.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/100/100135/tde-05062014-154818/ >.
    • APA

      Quitschal, P. M., & Piassi, L. P. de C. (2014). Os Diários de Vampira: a sexualidade livre e dominadora das vampiras e o tratamento dado pela mídia. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/100/100135/tde-05062014-154818/
    • NLM

      Quitschal PM, Piassi LP de C. Os Diários de Vampira: a sexualidade livre e dominadora das vampiras e o tratamento dado pela mídia [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/100/100135/tde-05062014-154818/
    • Vancouver

      Quitschal PM, Piassi LP de C. Os Diários de Vampira: a sexualidade livre e dominadora das vampiras e o tratamento dado pela mídia [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/100/100135/tde-05062014-154818/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021