Exportar registro bibliográfico


Metrics:

Condições do lugar: relações entre saúde e ambiente para pessoas que usam crack no bairro da Luz, especificamente na região denominada cracolândia (2015)

  • Authors:
  • Autor USP: COSTA, THIAGO GODOI CALIL DA - FSP
  • Unidade: FSP
  • Sigla do Departamento: HSA
  • DOI: 10.11606/D.6.2016.tde-30112015-110523
  • Subjects: USUÁRIOS DE DROGAS; COCAÍNA (ANÁLOGOS E DERIVADOS); AMBIENTES URBANOS (CONDIÇÕES SOCIOECONÔMICAS); DEGRADAÇÃO AMBIENTAL; REDUÇÃO DO DANO; CONDIÇÕES DE SAÚDE; POLÍTICAS PÚBLICAS
  • Keywords: Ambiente; Cracolândia; Cuidado; Políticas
  • Language: Português
  • Abstract: O Bairro da Luz surge como uma região nobre no centro da cidade de São Paulo no final do século XIX. Com a queda da economia do café e a expansão da cidade para outras regiões mais valorizadas, o bairro passou a viver mudanças significativas em suas dinâmicas econômicas e sociais. Após a desativação do Terminal Rodoviário em 1982, intensificou-se o processo de degradação urbana e social que já acompanhava a história do bairro. A chegada do crack - mistura de pasta base de cocaína, água e bicarbonato de sódio (e outras substâncias desconhecidas) - no início dos anos 1990, configurou nova dinâmica local e contribuiu para diversas ações do poder público, que trouxeram mudanças ambientais significativas para moradores e frequentadores. Neste contexto, o crack é uma substância que passou a ter um uso social e cotidiano para a população da região. A relação de consumo e comércio desta substância se territorializou e agravou uma considerada desqualificação social e urbana no bairro, que associada à política proibicionista em relação às drogas, teve efeitos perversos. Tal condição potencializa o forte estigma da sociedade associado a este espaço, o que leva a uma consequente exclusão dos que lá estão. Para a Saúde Ambiental, a deterioração física e social deste ambiente pode propiciar condições de baixa qualidade de vida e facilitar a ocorrências de agravos à saúde para além da condição de uso de uma determinada substância.Nesse sentido, este projeto se propõe a investigar a relação entre saúde e ambiente (contexto) no cotidiano das pessoas que fazem uso do crack na cracolândia, região central da cidade de São Paulo. A partir desta aproximação este estudo tem o objetivo de trazer informações capazes de subsidiar políticas públicas mais eficientes.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 17.09.2015
  • Acesso à fonteAcesso à fonteAcesso à fonteDOI
    Informações sobre o DOI: 10.11606/D.6.2016.tde-30112015-110523 (Fonte: oaDOI API)
    • Este periódico é de acesso aberto
    • Este artigo é de acesso aberto
    • URL de acesso aberto
    • Cor do Acesso Aberto: gold
    • Licença: cc-by-nc-sa

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CALIL, Thiago Godoi; ADORNO, Rubens de Camargo Ferreira. Condições do lugar: relações entre saúde e ambiente para pessoas que usam crack no bairro da Luz, especificamente na região denominada cracolândia. 2015.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015. Disponível em: < https://doi.org/10.11606/D.6.2016.tde-30112015-110523 > DOI: 10.11606/D.6.2016.tde-30112015-110523.
    • APA

      Calil, T. G., & Adorno, R. de C. F. (2015). Condições do lugar: relações entre saúde e ambiente para pessoas que usam crack no bairro da Luz, especificamente na região denominada cracolândia. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de https://doi.org/10.11606/D.6.2016.tde-30112015-110523
    • NLM

      Calil TG, Adorno R de CF. Condições do lugar: relações entre saúde e ambiente para pessoas que usam crack no bairro da Luz, especificamente na região denominada cracolândia [Internet]. 2015 ;Available from: https://doi.org/10.11606/D.6.2016.tde-30112015-110523
    • Vancouver

      Calil TG, Adorno R de CF. Condições do lugar: relações entre saúde e ambiente para pessoas que usam crack no bairro da Luz, especificamente na região denominada cracolândia [Internet]. 2015 ;Available from: https://doi.org/10.11606/D.6.2016.tde-30112015-110523


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021