Exportar registro bibliográfico

Desenvolvimento de metodologias indicativas de estabilidade para medicamentos utilizados como diuréticos (2015)

  • Authors:
  • Autor USP: SOUZA, ALINE DE - FCF
  • Unidade: FCF
  • Sigla do Departamento: FBF
  • Subjects: CROMATOGRAFIA LÍQUIDA DE ALTA PRESSÃO; ELETROFORESE CAPILAR DE ZONA; QUÍMICA FARMACÊUTICA
  • Language: Português
  • Abstract: Os diuréticos aumentam o fluxo urinário e a excreção de sódio e são utilizados para ajustar o volume e/ou a composição dos líquidos corporais em uma variedade de situações clínicas. A furosemida é um agente diurético potente que induz uma poderosa diurese. É utilizada no tratamento de edema associado com o coração e doenças renais. Nesta pesquisa objetivou-se desenvolver métodos indicativos de estabilidade para a furosemida, por eletroforese capilar em solução livre (FSCE) e cromatografia liquida de alta eficiência (CLAE). O método por FSCE utilizou um capilar de sílica fundida com comprimento total de 30,2 cm x 50,0 µm d.i. O tampão utilizado foi tetraborato de sódio 2,0 mmol ´LPOT.-1´ e 10% de metanol, injeção hidrodinâmica 0,5 psi/5s, tensão aplicada +25 kV, detecção em 273 nm e temperatura a 25ºC. O tempo de migração da furosemida foi de 1,8 minutos. O método obteve boa linearidade no intervalo de 70,0 a 130,0 µg.m´LPOT.-1´ com coeficiente de correlação maior de 0,99. Os limites de detecção e de quantificação foram 6,2 µg.m´LPOT.-1´ e 20,6 µg.m´LPOT.-1´, respectivamente. A precisão do sistema foi inferior a 2,0%. A repetibilidade e precisão intermediária foram inferiores a 5,0%. A recuperação média foi de 102,1 %. No teste de especificidade, foram detectados três potenciais produtos de degradação com os seguintes tempos de retenção 1,3 2,0 e 2,2 min. O método por CLAE utilizou uma coluna Shim-pack CLC-ODS(´M)POT.® (250mm x4.6mm, 5µm). A fase móvel era constituída de acetonitrila:água (50:50) com 0,1% de ácido fórmico. O fluxo foi de 1.0 mL min´POT.-1´ e detecção em 273 nm e temperatura a 30 ± 1 ºC. O método apresentou boa linearidade nas concentrações entre 7,0 e 13 µg.m´LPOT.-1´; com coeficiente de correlação maior de 0,99. E tempo de retenção para furosemida foi de 4,9 minutos.Os limites de detecção e de quantificação foram 0,6 µg.m´LPOT.-1´ e 1,9 µg.m´LPOT.-1´, respectivamente. A precisão do sistema foi inferior a 1,0%. A repetibilidade e precisão intermediária foram inferiores a 3,0%. A recuperação média foi de 105,1 %. No teste de especificidade, foram detectados três potenciais produtos de degradação com os seguintes tempos de retenção 2,4, 3,1 e 3,8 min
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 11.12.2015
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SOUZA, Aline de; KEDOR, Erika Rosa Maria. Desenvolvimento de metodologias indicativas de estabilidade para medicamentos utilizados como diuréticos. 2015.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9139/tde-15122015-084128/ >.
    • APA

      Souza, A. de, & Kedor, E. R. M. (2015). Desenvolvimento de metodologias indicativas de estabilidade para medicamentos utilizados como diuréticos. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9139/tde-15122015-084128/
    • NLM

      Souza A de, Kedor ERM. Desenvolvimento de metodologias indicativas de estabilidade para medicamentos utilizados como diuréticos [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9139/tde-15122015-084128/
    • Vancouver

      Souza A de, Kedor ERM. Desenvolvimento de metodologias indicativas de estabilidade para medicamentos utilizados como diuréticos [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9139/tde-15122015-084128/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021