Exportar registro bibliográfico

Vivências e significados da depressão pós-parto de mulheres no contexto da família (2014)

  • Authors:
  • Autor USP: BARBOSA, MARIA APARECIDA RODRIGUES DA SILVA - EE
  • Unidade: EE
  • Sigla do Departamento: ENP
  • Subjects: ENFERMAGEM; FAMÍLIA; RELAÇÕES FAMILIARES; DEPRESSÃO PÓS-PARTO
  • Keywords: Family; Family relationships; Nursing; Post-partum depression
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: A depressão pós-parto tem sido tratada ao longo do tempo como um problema das mulheres e poucos estudos têm abordado as repercussões desse evento nas relações familiares. Objetivos: Compreender as vivências e significados da depressão pós-parto materna para a mulher e sua família; Desenvolver um modelo teórico representativo da experiência da mulher e da família diante da depressão pós-parto materna. Método: Estudo qualitativo teve como referencial teórico norteador o Interacionismo Simbólico e como referencial metodológico a Teoria Fundamentada nos Dados. Os participantes deste estudo foram mulheres que tiveram depressão pós-parto e seus familiares, recrutados através de Hospitais Públicos e Unidades Básicas de Saúde do município de Cuiabá-MT. Os dados foram coletados por meio de entrevistas em profundidade com a mulher e o familiar. O número de famílias participantes foi se configurando, de acordo com a análise e a teoria emergente, totalizando dez famílias. Resultados: A análise dos dados permitiu identificar o modelo teórico Oscilando entre o apoio e a necessidade de manter o controle que representa as percepções e estratégias presentes na experiência da mulher e da família visando à adaptação da vida familiar às circunstâncias da vida afetadas pela depressão.Três categorias estruturam a experiência estudada: Lutando com a maternidade, Perdendo-se no meio de sentimentos na luta com o desconhecido e Assumindo o controle. Conclusões: O estudo permitiu identificar um processo psicossocial, em que controle e apoio constituem os elementos simbólicos centrais de como a mulher com depressão pós-parto e a família manejam a experiência desde o início dos sintomas até a constatação do diagnóstico. O modelo teórico contribui para a compreensão dos significados construídos e as condições que afetam a mulher e a família, e orientam a organização e a comunicação familiar.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 30.10.2014
  • Versão PublicadaAcesso à fonte

    Download do texto completo

    Tipo Nome Link
    Versão PublicadaTESE_Doutorado_MARIA_APAR...Direct link
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BARBOSA, Maria Aparecida Rodrigues da Silva; ANGELO, Margareth. Vivências e significados da depressão pós-parto de mulheres no contexto da família. 2014.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7141/tde-16042015-160037/ >.
    • APA

      Barbosa, M. A. R. da S., & Angelo, M. (2014). Vivências e significados da depressão pós-parto de mulheres no contexto da família. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7141/tde-16042015-160037/
    • NLM

      Barbosa MAR da S, Angelo M. Vivências e significados da depressão pós-parto de mulheres no contexto da família [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7141/tde-16042015-160037/
    • Vancouver

      Barbosa MAR da S, Angelo M. Vivências e significados da depressão pós-parto de mulheres no contexto da família [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7141/tde-16042015-160037/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021