Exportar registro bibliográfico

Novo método radiográfico para a determinação de estenose do canal cervical (2015)

  • Authors:
  • Autor USP: BORNHOLDT, GUSTAVO CAMPELO - FM
  • Unidade: FM
  • Sigla do Departamento: MOT
  • Subjects: PESCOÇO (LESÕES); TRAUMATOLOGIA; SISTEMA NERVOSO (LESÕES); COMPRESSÃO DA MEDULA ESPINHAL; DOENÇAS DO SISTEMA NERVOSO PERIFÉRICO; RADIOGRAFIA; IMAGEM POR RESSONÂNCIA MAGNÉTICA
  • Keywords: Brachial plexus neuropathies, Radiography; Compressão da medula espinal; Espondilose; Lesões do pescoço; Magnetic resonance imaging; Neck injuries; Neuropatias do plexo braquial; Spinal cord compression; Spondylosis; Trauma nervous system; Traumatismos do sistema nervoso
  • Language: Português
  • Abstract: INTRODUÇÃO: Estenose do canal cervical consiste na diminuição do diâmetro sagital do canal cervical e está associada com maior risco de lesões neurológicas decorrentes de trauma cervical. Nos esportes de colisão, a estenose do canal cervical consiste em um importante parâmetro na decisão de retorno ao esporte após neuropraxia da medula cervical e após determinadas lesões do plexo braquial. Os métodos atualmente disponíveis para avaliação de estenose do canal cervical em atletas são muito caros (ex: por ressonância nuclear magnética) ou pouco precisos (métodos radiográficos). Este estudo avaliou um novo método radiográfico para determinação de estenose do canal cervical, comparando-o com medições realizadas em cadáveres, medida por ressonância nuclear magnética do canal cervical e do espaço disponível para a medula (SAC/SACD) e com o método radiográfico consagrado na literatura para determinação de estenose do canal cervical, o índice de Torg (IT). MÉTODOS: A população do estudo foram 20 homens entre 16 e 35 anos de idade. Os sujeitos realizaram uma ressonância nuclear magnética da coluna cervical para determinação do SAC/SACD e radiografias cervicais em perfil e antero-posterior para determinação do IT e do novo método radiográfico proposto, o diâmetro corrigido do canal cervical (DCCC). Para determinar o DCCC, foi utilizada uma barra de metal de 100 mm, acoplada verticalmente na linha média cervical, utilizando os processos espinhosos das vertebras cervicais como referência. Obtidos o diâmetro sagital da imagem do canal cervical e o comprimento da imagem da barra de metal na radiografia, e conhecendo o tamanho real dabarra de metal, o diâmetro real do canal medular pôde ser estimado matematicamente com o uso do teorema de Tales. Os resultados obtidos para o DCCC foram comparados com valores encontrados em estudos com cadáveres, foi avaliada a concordância entre DCCC e o diâmetro médio-sagital do canal cervical aferido por ressonância magnética (DCRM) e os métodos radiográficos (DCCC e IT) foram correlacionados com o SAC/SACD. Os cálculos foram realizados nos níveis C3 a C7, além das médias de C3 a C6 [DCCC (MDCCC), IT (MTorg) e SAC/SACD (MSAC/MSACD)]. RESULTADOS: Os valores obtidos pelo DCCC (média do MDCCC: 15.29 mm) foram compatíveis com os valores descritos em estudos de medida direta. A correlação entre DCCC e SAC/SACD foi superior à correlação entre IT e SAC/SACD, sendo de 0.7025 para MDCCC e MSACD contra 0.5473 para MTorg e MSACD. O teste de concordância entre os valores absolutos para DCCC e DCRM evidenciou valores mais elevados na medida por DCCC, sendo média de 1.84 mm maior para MDCCC em relação a média de C3 a C6 pelo DCRM. CONCLUSÕES: O Diâmetro Corrigido do Canal Cervical apresentou valores semelhantes aos encontrados em estudos com medida direta em cadáveres e apresentou correlação com SAC/SACD superior ao IT
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 07.10.2015
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BORNHOLDT, Gustavo Campelo; PEDRINELLI, André. Novo método radiográfico para a determinação de estenose do canal cervical. 2015.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5140/tde-06012016-114541/ >.
    • APA

      Bornholdt, G. C., & Pedrinelli, A. (2015). Novo método radiográfico para a determinação de estenose do canal cervical. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5140/tde-06012016-114541/
    • NLM

      Bornholdt GC, Pedrinelli A. Novo método radiográfico para a determinação de estenose do canal cervical [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5140/tde-06012016-114541/
    • Vancouver

      Bornholdt GC, Pedrinelli A. Novo método radiográfico para a determinação de estenose do canal cervical [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5140/tde-06012016-114541/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021