Exportar registro bibliográfico

Estudo da fluência verbal em categorias múltiplas no comprometimento cognitivo leve (2015)

  • Authors:
  • Autor USP: MIRANDEZ, ROBERTA MASSARIOLLI - FM
  • Unidade: FM
  • Sigla do Departamento: MNE
  • Subjects: COGNIÇÃO; AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM; TRANSTORNOS DE APRENDIZAGEM; TRANSTORNOS DA LINGUAGEM; SEMÂNTICA; ENVELHECIMENTO
  • Keywords: Aging; Avaliação; Comprometimento cognitivo leve; Evaluation; Executive function; Função executiva; Language disorders; Mild cognitive impairment; Semantics
  • Language: Português
  • Abstract: INTRODUÇÃO: A queixa de dificuldades cognitivas, especialmente de memória, é frequente entre idosos e, no envelhecimento normal, pode ocorrer um declínio mensurável da memória, que não acarreta declínio funcional significativo. Levando-se em conta que o comprometimento cognitivo leve (CCL) pode representar um estágio transicional entre o envelhecimento saudável e a doença de Alzheimer (DA), o estudo das alterações de linguagem no CCL procura comparar os déficits descritos em ambos, com o intuito de detectar prejuízos que possam auxiliar na identificação precoce de indivíduos com declínio cognitivo que apresentem maior risco de conversão para demência. OBJETIVOS: Verificar o padrão de desempenho de pacientes com CCL em testes de fluência verbal (FV) semântica (frutas, animais, meios de transporte), FAS-COWA (fluência fonológica) e fluência de verbos; determinar qual categoria de FV dentre as estudadas permite a melhor discriminação entre idosos cognitivamente saudáveis e CCL. MÉTODOS: Foram avaliados 67 idosos (37 cognitivamente saudáveis - controles - e 30 com CCL) por meio dos testes de FV descritos. O desempenho dos grupos nas provas de FV em função de intervalos de tempo (15, 30, 45 e 60 seg) foi também registrado. RESULTADOS: O grupo CCL apresentou pior desempenho em todas as tarefas de FV (p < 0,0001). As notas de corte obtidas para as diversas tarefas foram: 14 (animais), 12 (frutas e meios de transporte), 41 (fonológica) e 11 (verbos).As provas se mostraramequivalentes na diferenciação entre controles e CCL, com discreta superioridade para a fluência de animais, que classificou corretamente 73,9% dos indivíduos (p < 0,0001). Pacientes com CCL apresentaram desempenho inferior ao dos controles de forma consistente durante todo o período de cronometragem das provas; o número de palavras geradas decresceu progressivamente em cada quartil de tempo em todas as categorias de FV, em ambos os grupos (p < 0,0001). CONCLUSÃO: Pacientes com CCL apresentaram pior desempenho em todas as tarefas de FV, sendo a fluência de animais a mais acurada para a discriminação entre CCL e idosos cognitivamente saudáveis
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 26.02.2015
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MIRANDEZ, Roberta Massariolli; RADANOVIC, Marcia. Estudo da fluência verbal em categorias múltiplas no comprometimento cognitivo leve. 2015.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5138/tde-05012016-110612/ >.
    • APA

      Mirandez, R. M., & Radanovic, M. (2015). Estudo da fluência verbal em categorias múltiplas no comprometimento cognitivo leve. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5138/tde-05012016-110612/
    • NLM

      Mirandez RM, Radanovic M. Estudo da fluência verbal em categorias múltiplas no comprometimento cognitivo leve [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5138/tde-05012016-110612/
    • Vancouver

      Mirandez RM, Radanovic M. Estudo da fluência verbal em categorias múltiplas no comprometimento cognitivo leve [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5138/tde-05012016-110612/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021