Exportar registro bibliográfico

Efeitos de histórias de cooperação e não-cooperação sobre a produção de iniquidade desfavorável (2015)

  • Authors:
  • Autor USP: SUAREZ, CARLA JORDãO - IP
  • Unidade: IP
  • Sigla do Departamento: PSE
  • Subjects: COOPERAÇÃO; REFORÇO; HISTÓRIA; PSICOLOGIA EXPERIMENTAL
  • Language: Português
  • Abstract: O presente trabalho investigou o efeito de histórias de cooperação e não-cooperação sobre a escolha de um participante entre uma alternativa de cooperação e uma alternativa individual. Os participantes formaram duplas com um confederado e ambos escolheram entre cartões azuis e verdes. Cooperação foi definida como o participante e o confederado escolherem o cartão azul e a alternativa individual foi definida como um ou ambos escolherem o cartão verde. Os participantes foram expostos a três fases experimentais: Fase Inicial, Fase de História e Fase de Teste. Na Fase Inicial (4 tentativas) e na Fase de História (15 tentativas), quando o participante e confederado escolhiam o cartão azul, o participante recebia 5 pontos e o confederado 2 pontos. Quando um dos dois ou ambos escolhiam o cartão verde, ambos recebiam 2 pontos. Na Fase de Teste (15 tentativas), quando o participante e confederado escolhiam o cartão azul, o confederado recebia 5 pontos e o participante 2 pontos. Caso um ou ambos escolhessem o cartão verde, os dois recebiam 2 pontos. Os participantes foram distribuídos em dois grupos (Cooperação e Individual) que se diferenciavam pela escolha do confederado. Em ambos os grupos, na Fase Inicial, o confederado escolheu o cartão verde e azul alternadamente. Na Fase de História e na Fase de Teste do Grupo Cooperação, o confederado escolheu o cartão azul em todas as tentativas. Enquanto que no Grupo Individual, o confederado escolheu o cartão verde na Fase de História e ocartão azul na Fase de Teste. Os resultados indicaram que os participantes do Grupo Cooperação escolheram o cartão azul em aproximadamente 11 de 15 tentativas na Fase de Teste, produzindo iniquidade desfavorável para ele, enquanto os do Grupo Individual escolheram o cartão azul aproximadamente em 1 de 15 tentativas. Conclui-se que a escolha de um dos participantes (ou confederado) de uma dupla entre produzir ou não iniquidade favorável para o outro participante precisa ser cuidadosamente considerada nos estudos sobre cooperação, já que pode alterar inclusive a função da iniquidade de reforços
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 03.08.2015
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SUAREZ, Carla Jordão; BENVENUTI, Marcelo Frota. Efeitos de histórias de cooperação e não-cooperação sobre a produção de iniquidade desfavorável. 2015.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47132/tde-11122015-100917/ >.
    • APA

      Suarez, C. J., & Benvenuti, M. F. (2015). Efeitos de histórias de cooperação e não-cooperação sobre a produção de iniquidade desfavorável. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47132/tde-11122015-100917/
    • NLM

      Suarez CJ, Benvenuti MF. Efeitos de histórias de cooperação e não-cooperação sobre a produção de iniquidade desfavorável [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47132/tde-11122015-100917/
    • Vancouver

      Suarez CJ, Benvenuti MF. Efeitos de histórias de cooperação e não-cooperação sobre a produção de iniquidade desfavorável [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47132/tde-11122015-100917/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021