Exportar registro bibliográfico

Relação entre sedentarismo, caminhada e outras modalidades de exercício físico em idosos (2015)

  • Authors:
  • Autor USP: SILVA, ANDERSON BERNARDINO DA - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RMS
  • Subjects: ENVELHECIMENTO; CAPACIDADE FUNCIONAL; EXERCÍCIO FÍSICO
  • Keywords: Fatores de risco para doenças cardiovasculares; Modalidades de exercício físico; Elderly; Exercise modalities; Functional capacity; Risk factors for cardiovascular disease
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: O envelhecimento é um processo de mudanças progressivas que ocorre com o organismo, em que uma das consequências é o declínio na capacidade funcional. O exercício físico está entre os fatores que, além de outros efeitos, contribuem para manutenção ou aumento da capacidade funcional. Assim, é importante o conhecimento sobre a relação da prática de diferentes modalidades de exercício físico com a capacidade funcional e outros fatores associados à saúde em idosos. Objetivos: comparar a capacidade funcional, composição corporal, e pressão arterial de idosos sedentários, e idosos praticantes de diferentes modalidades de exercício físico. Método: Estudo transversal, desenvolvido na cidade de Bauru-SP, no qual participaram 90 idosos com idade entre 60 a 83 anos (66,98 ± 6,29), divididos nos seguintes grupos: G1 - indivíduos sedentários (n=23); G2 - indivíduos que realizam caminhada (n-21); G3 - grupo que pratica uma modalidade de exercício físico (unimodalidade, n=23), exceto caminhada; G4 - grupo que pratica duas ou mais modalidades de exercício físico (multimodalidade n=23) Foi mensurada a pressão arterial através de método auscultatório. Para avaliação da capacidade funcional foi utilizada a bateria de testes da AAHPERD, que compreende os testes de coordenação, flexibilidade força, agilidade, e resistência aeróbia. Para avaliação da composição corporal foi utilizado o método de Absorptiometria de dupla energia de raio x (DXA) obtendo-se medidas de densidade (DMO) e conteúdo mineral ósseo (CMO), percentual de gordura corporal, e massa livre de gordura. Utilizou-se Análise de variância (ANOVA) para comparação entre os grupos. Diferenças significativas foram consideradas ao nível de p<0,05. Resultados: na coordenação, força, e resistência aeróbia, o grupo G4 obteve melhor desempenho que o grupo G1 e G3; na flexibilidade, o grupo G2 obteve melhor desempenho que o grupo G1, e na agilidade,os grupos G2 e G4 teve melhores desempenhos que o grupo G1 e G3. Por fim, no IAFG, o grupo G4 obteve maior pontuação, quando comparado aos grupos G1 e G3, e o grupo G2 teve maior pontuação que o grupo G1. Na pressão arterial diastólica, o grupo G1 obteve maior valor comparado ao grupo G3 e G4. Conclusão: os idosos que praticam multimodalidades de exercício físico foram os que possuíram maior capacidade funcional comparados a idosos sedentários e idosos que praticam modalidade única de exercício físico. Idosos praticantes de caminhada também tem melhor capacidade funcional que idosos sedentários
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 03.08.2015
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SILVA, Anderson Bernardino da; ZAGO, Anderson Saranz. Relação entre sedentarismo, caminhada e outras modalidades de exercício físico em idosos. 2015.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17139/tde-06102015-093356/ >.
    • APA

      Silva, A. B. da, & Zago, A. S. (2015). Relação entre sedentarismo, caminhada e outras modalidades de exercício físico em idosos. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17139/tde-06102015-093356/
    • NLM

      Silva AB da, Zago AS. Relação entre sedentarismo, caminhada e outras modalidades de exercício físico em idosos [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17139/tde-06102015-093356/
    • Vancouver

      Silva AB da, Zago AS. Relação entre sedentarismo, caminhada e outras modalidades de exercício físico em idosos [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17139/tde-06102015-093356/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020