Exportar registro bibliográfico

O recuo do dativo em -e: análise em regressão logística sobre a variação e mudança da flexão de caso no alemão (2015)

  • Authors:
  • Autor USP: NOBREGA, ROGÉRIO FERREIRA DA - FFLCH
  • Unidade: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLL
  • Subjects: LÍNGUA ALEMÃ; GRAMÁTICA; MORFOLOGIA (LINGUÍSTICA)
  • Keywords: Caso dativo; Dative case; Multicausality; Policausalidade
  • Language: Português
  • Abstract: O objetivo geral desta dissertação é traçar um panorama da evolução do dativo em -e dentro do contexto do paradigma dos demais casos morfológicos existentes no alemão e detectar prováveis fatores atuando concomitantemente na variação da (não) ocorrência desse marcador de caso. Para tanto, revisitamos o desenvolvimento do sistema de casos do alemão e descrevemos o comportamento e padrões exibidos pelos marcadores de caso de substantivos no singular e no plural. Discutimos a útil noção de declinações forte e fraca, de Grimm (1822), bem como algumas teorias sobre mudança linguística, tais como o enfraquecimento de sílabas átonas (SAPIR, 1921), o surgimento do artigo definido (PHILLIPI, 1997) e da teoria baseada no uso (BARðDAL, 2009). As questões levantadas por essas teorias podem ter contribuído com o paulatino apagamento de marcadores de caso nas línguas germânicas. Não rejeitamos nenhuma delas, haja vista que todas fornecem hipóteses plausíveis, entretanto, a mudança não ocorreu de forma homogênea em diferentes contextos e parece exibir certos padrões que podem ser explicados pela interação de diversos fatores, e não com base apenas nas grandes ideias das teorias descritas acima. Testar a hipótese dessa policausalidade requer o emprego de metodologia específica. Como o fenômeno aqui estudado é a realização vs. não realização do dativo em -e, empregamos o método de regressão logística binária, o mais adequado para descrever e testar hipóteses sobre relações entre umavariável-resposta categórica e variáveis explanatórias também categóricas e/ou contínuas (PENG; LEE; INGERSOLL, 2002). Obtivemos robusta evidência de que fatores tipológicos, fonológicos e prosódicos desempenham importante papel na variação da realização do dativo em -e e observamos que a interação de fatores tem maior poder explanatório sobre os padrões exibidos na variação do que uma análise que considere a influência de diferentes fatores de maneira isolada. A maior vantagem em aplicarmos um teste como o de regressão logística binária consiste na possibilidade de captar a existência de determinados padrões interacionais, e, portanto, podemos analisar a variação e mudança, como no exemplo do dativo em -e, de um ponto de vista multifatorial, e não limitando nosso escopo a fatores isolados, pois, em um sistema complexo como é a língua, eles parecem indissociáveis.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 18.03.2015
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      NOBREGA, Rogério Ferreira da; SOUZA, Paulo Chagas de. O recuo do dativo em -e: análise em regressão logística sobre a variação e mudança da flexão de caso no alemão. 2015.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8139/tde-05112015-134414/ >.
    • APA

      Nobrega, R. F. da, & Souza, P. C. de. (2015). O recuo do dativo em -e: análise em regressão logística sobre a variação e mudança da flexão de caso no alemão. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8139/tde-05112015-134414/
    • NLM

      Nobrega RF da, Souza PC de. O recuo do dativo em -e: análise em regressão logística sobre a variação e mudança da flexão de caso no alemão [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8139/tde-05112015-134414/
    • Vancouver

      Nobrega RF da, Souza PC de. O recuo do dativo em -e: análise em regressão logística sobre a variação e mudança da flexão de caso no alemão [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8139/tde-05112015-134414/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021