Exportar registro bibliográfico

Percursos da formação de Chris Marker: cinema militante, dissidência e profanação (2015)

  • Authors:
  • Autor USP: LEONEL, NICOLAU BRUNO DE ALMEIDA - ECA
  • Unidade: ECA
  • Subjects: CINEMA; CINEMA EXPERIMENTAL; DOCUMENTÁRIO
  • Keywords: Historical Avant-gardes; Militant cinema; Political Documentary; Soviet Cinema; Vanguardas artísticas
  • Language: Português
  • Abstract: Chris Marker é um cineasta que realizou documentários políticos pouco convencionais ao longo de quase sessenta anos de carreira. Depois de uma militância ativa e inserida no coração de acontecimentos cruciais na França e na Europa, e de uma carreira literária como editor, ensaísta e romancista, natural que seus filmes, vistos isoladamente, provoquem as mais equivocadas interpretações. Esta pesquisa procura, através de um levantamento de seus filmes e escritos, dos debates que foram se travando sobre a vida nacional francesa e mundial, sempre retomando os fios dos acontecimentos decisivos do período do Front Populaire (1936), da ocupação da França pelos nazistas e das lutas de Resistência buscar uma interpretação para muitos dos aspectos aparentemente desconcertantes de sua filmografia. Ao longo dos capítulos a pesquisa aborda, a partir de documentação esparsa em textos, declarações, debates, frases de filmes, os elementos biográficos "enigmáticos" de que se tem conhecimento, dada a discrição do cineasta sobre a sua pessoa. Em seguida o momento crucial da entrada de Marker, com 16 anos, no liceu em Paris e turbulências do ano de 1936, na França, discorre sobre o Front Populaire. Depois foca o nascimento de uma corrente, da qual Chris Marker participa, influenciada pela filosofia personalista de Emmanuel Mounier; e depois sua passagem pela revista Esprit e posteriormente a sua integração nas lutas da Resistência. Seguindo os passos do futuro cineasta, aborda o impacto da Resistência na vida militante e a formação dos cineclubes no meio operário com a Associação Peuple et Culture. Toda esta trajetória é permeada por comentários e análises de cenas dos futuros documentários. Por fim a pesquisa, aborda a problemática do cinema militante, analisando L'ambassade (1973), filme de solidariedade com a Unidade Popular chilena e contra o golpe de Pinochet e o curta sobre o editorFrançois Maspero. Os últimos percalços de nosso percurso busca construir um debate sobre A. Medvedkine e V. Maiakóvsky e a profanação da arte moderna, procurando investigar como na obra de Chris Marker coincidem cinema militante, cinema experimental, cinema ensaio e cinema documentário
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 28.05.2015
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      LEONEL, Nicolau Bruno de Almeida; MACHADO, Rubens. Percursos da formação de Chris Marker: cinema militante, dissidência e profanação. 2015.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27161/tde-24112015-163738/ >.
    • APA

      Leonel, N. B. de A., & Machado, R. (2015). Percursos da formação de Chris Marker: cinema militante, dissidência e profanação. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27161/tde-24112015-163738/
    • NLM

      Leonel NB de A, Machado R. Percursos da formação de Chris Marker: cinema militante, dissidência e profanação [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27161/tde-24112015-163738/
    • Vancouver

      Leonel NB de A, Machado R. Percursos da formação de Chris Marker: cinema militante, dissidência e profanação [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27161/tde-24112015-163738/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021