Exportar registro bibliográfico

Análise comparativa de curvas de crescimento fetal em gestação gemelar com insuficiência placentária grave (2015)

  • Authors:
  • Autor USP: NAKANO, JULIANNY CAVALHEIRO NERY - FM
  • Unidade: FM
  • Sigla do Departamento: MOG
  • Subjects: GRAVIDEZ DE GÊMEOS; FETO (CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO); CIRCUNFERÊNCIA ABDOMINAL; PESO-ESTATURA; ULTRASSONOGRAFIA; ULTRASSONOGRAFIA PRÉ-NATAL; INSUFICIÊNCIA PLACENTÁRIA
  • Keywords: Abdominal circumference; Fetal weight; Fetus/growth; Peso fetal; Placental insufficiency; Pregnancy; Twins; Ultrasonography
  • Language: Português
  • Abstract: Objetivo: Comparar o desempenho de diferentes curvas de referência de crescimento fetal em gestações gemelares com insuficiência placentária grave. Método: Estudo retrospectivo envolvendo gestações gemelares (n=47), com fluxo diastólico zero ou reverso, no estudo dopplervelocimétrico da artéria umbilical de um dos fetos, e ambos os fetos vivos no momento do diagnóstico. Não foram incluídas gestações com anomalia fetal "major", síndrome de transfusão feto-fetal, ou de ordem maior. Em ambos os fetos (acometido, FA; e cogemelar, CG), as estimativas de peso fetal foram convertidas em escore zeta de acordo com os critérios de Hadlock, Liao e Araújo. As medidas de circunferência abdominal foram convertidas de acordo com as curvas de Hadlock, Liao, Araújo, Ong e STORK. A análise estatística foi realizada segundo modelos de equações de estimação generalizada. Resultados: A idade materna média foi 27,8 ± 7,4 anos, 24 (51%) pacientes eram primigestas, 12 (25,5%) apresentavam antecedentes clínicos significativos e 61,7% (n=29) eram monocoriônicas. A idade gestacional média no momento do diagnóstico da diástole zero ou reversa foi de 27,4 ± 4,7 semanas. A idade gestacional média do parto foi de 32,9 ± 2,9 semanas e o peso médio ao nascimento dos fetos acometidos foi de 1075 ± 469 g, e dos cogemelares, 1749 ± 544 g. No modelo investigado, foram preditores significativos do escore-zeta: sexo fetal (p < 0,001) e a interação sub-grupo (feto acometido/cogemelar) e critério (p < 0,001). As estimativas do escorezeta médio (erro padrão) para o peso fetal estimado segundo cada critério examinado foram Hadlock FA: -2.98 (0,18), CG: -1,16 (0,15), Liao FA: -2,89 (0,24), CG: -0,58 (0,19), Araújo FA: -3,05 (0,29), CG: - 0,75 (0,18). Para circunferência abdominal, Hadlock FA: -3,14 (0,26), CG: - 1,13 (0,19), Liao FA: -2,63 (0,27), CG: -0,42 (0,19), Araújo FA: -2,44 (0,22), CG: -0,71 (0,14), Ong FA: -3,36 (0,34), CG: -1,48 (0,23) e STORK FA: -2,36 (0,14), CG: -1,18 (0,10). Conclusão: Em gestações gemelares, com diástole zero ou reversa em um dos fetos, as curvas que melhor diferenciaram os fetos acometidos de seus cogemelares foram as curvas nacionais, publicadas por Liao et al. e Araújo et al
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 02.09.2015
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      NAKANO, Julianny Cavalheiro Nery; LIAO, Adolfo Wenjaw. Análise comparativa de curvas de crescimento fetal em gestação gemelar com insuficiência placentária grave. 2015.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5139/tde-24112015-083820/ >.
    • APA

      Nakano, J. C. N., & Liao, A. W. (2015). Análise comparativa de curvas de crescimento fetal em gestação gemelar com insuficiência placentária grave. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5139/tde-24112015-083820/
    • NLM

      Nakano JCN, Liao AW. Análise comparativa de curvas de crescimento fetal em gestação gemelar com insuficiência placentária grave [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5139/tde-24112015-083820/
    • Vancouver

      Nakano JCN, Liao AW. Análise comparativa de curvas de crescimento fetal em gestação gemelar com insuficiência placentária grave [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5139/tde-24112015-083820/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021