Exportar registro bibliográfico

Um método para modificar vias de sinalização molecular por meio de análise de banco de dados de interatomas (2015)

  • Authors:
  • Autor USP: WU, LULU - IME
  • Unidade: IME
  • Sigla do Departamento: MAC
  • Subjects: COMPUTAÇÃO APLICADA; BIOLOGIA MOLECULAR
  • Agências de fomento:
  • Language: Português
  • Abstract: A capacidade das células para responder corretamente a sinais externos e perceber mudanças no seu microambiente é a base do desenvolvimento, reparação de tecidos e de imunidade, bem como a homeostase do tecido normal. Transdução de sinal é o principal meio pelo qual as células respondem a sinais externos de seu ambiente e coordenam alterações celulares complexas. O estudo das vias de sinalização molecular permite-nos tentar compreender o funcionamento dessas transduções de sinais e, consequentemente, as respostas celulares a estímulos externos. Uma abordagem adequada para tais estudos é o uso de modelos matemáticos para simular a cinética das reações químicas que descrevem uma dada via de sinalização, o que nos permite gerar predições testáveis de processos celulares. Construir modelos cinéticos preditivos de vias de sinalização molecular através de dados de alto rendimento produzidos utilizando técnicas ômicas (i.e., genômica, transcriptômica, (fosfo-)proteômica) constitui um dos atuais desafios enfrentados pelos pesquisadores na área de Biologia Molecular. Recentemente, para lidar com este desafio, o arcabouço de e-Science SigNetSim foi introduzido pelo Grupo de Biologia Computacional e de Bioinformática do Instituto Butantan. Esse arcabouço permite fazer a descrição de vias de sinalização molecular através da descrição da estrutura de um modelo através de um conjunto de reações químicas, que por sua vez é mapeado para um sistema de Equações Diferencias Ordinárias (EDOs), numericamente simuladas e avaliadas. Todavia, modificações na estrutura das vias precisam ser feitas manualmente, o qual restringe severamente o número de estruturas da via que precisam ser testadas, especialmente no caso de modelos grandes. Portanto, diante desse panorama, este trabalho propõe o desenvolvimento de um método para modificar vias de sinalização molecular.Esse método se baseia no uso de bancos de dados de interatomas para fornecer um conjunto de espécies químicas candidatas para serem incluídas na via de sinalização. Um componente integrado ao arcabouço SigNetSim capaz de testar diferentes hipóteses de modificação de vias foi desenvolvido neste projeto utilizando a metodologia de heurística incremental. Para avaliar a eficiência do componente implementado, utilizamos como estudo de caso um modelo de vias sinalização de MAPKs e PI3K/Akt para realizar testes experimentais e analisar os resultados obtidos.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 14.08.2015
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      WU, Lulu; BARRERA, Júnior. Um método para modificar vias de sinalização molecular por meio de análise de banco de dados de interatomas. 2015.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/45/45134/tde-22082015-085947 >.
    • APA

      Wu, L., & Barrera, J. (2015). Um método para modificar vias de sinalização molecular por meio de análise de banco de dados de interatomas. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/45/45134/tde-22082015-085947
    • NLM

      Wu L, Barrera J. Um método para modificar vias de sinalização molecular por meio de análise de banco de dados de interatomas [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/45/45134/tde-22082015-085947
    • Vancouver

      Wu L, Barrera J. Um método para modificar vias de sinalização molecular por meio de análise de banco de dados de interatomas [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/45/45134/tde-22082015-085947

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021