Exportar registro bibliográfico

Da constatação à contestação: a matemoteca no cenário escolar (2015)

  • Authors:
  • Autor USP: OCTÁVIO, LILIA DE SOUZA - FFCLRP
  • Unidade: FFCLRP
  • Sigla do Departamento: 596
  • Subjects: MATEMÁTICA; ENSINO (ORGANIZAÇÃO)
  • Language: Português
  • Abstract: O presente trabalho traz à discussão a matemoteca escolar, ao considerar seus princípios, propostas e possibilidades no cenário escolar. Para tanto, investigamos seu funcionamento político-pedagógico e sua relação com a organização do ensino de Matemática. Abordamos, inicialmente, os princípios que a norteiam, sua génese e concepção como projeto político pedagógico, bem como as perspectivas que a embasam legalmente, por meio dos documentos curriculares oficiais, especificamente os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN) de Matemática, o Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil (RCNEI), as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil (DCNEI) e o Parâmetro Curricular Municipal da Educação Infantil de Ribeirão Preto (PCMEIRP), entre outros. Nesse sentido, valemo-nos também do estudo da implantação de uma matemoteca em uma escola pública, em uma cidade do interior do estado de São Paulo. Embasados na teoria histórico-cultural e na teoria da atividade de Leontiev, discutimos o recurso dos jogos no ensino de Matemática, uma vez que este tem sido o principal argumento para a efetivação da matemoteca escolar. De modo geral, podemos afirmar que a implantação da matemoteca tem sido validada por um discurso político-pedagógico, amparado pelas considerações sobre o jogo presentes nos documentos legais para o ensino de Matemática, como um "espaço de ensino e aprendizagem lúdico", que efetivamente contribui para o avanço da educação matemática. A partir dos dados obtidos com a escola apresentamos episódios para a análise e ponderamos que a vivência da matemoteca escolar perpassa aspectos teórico-metodológicos de implementação de políticas públicas educacionais, superando uma mera organização lúdica para o ensino de Matemática, sendo necessário que os atuais modos de compreensão e realização da matemoteca sejam contestados.Ao final da discussão, defendemos a matemoteca escolar como projeto político-pedagógico e como atividade, na dimensão da resolução de problemas e princípios da atividade orientadora de ensino
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 18.06.2015

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      OCTAVIO, Lilia de Souza; ARAUJO, Elaine Sampaio. Da constatação à contestação: a matemoteca no cenário escolar. 2015.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2015.
    • APA

      Octavio, L. de S., & Araujo, E. S. (2015). Da constatação à contestação: a matemoteca no cenário escolar. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Octavio L de S, Araujo ES. Da constatação à contestação: a matemoteca no cenário escolar. 2015 ;
    • Vancouver

      Octavio L de S, Araujo ES. Da constatação à contestação: a matemoteca no cenário escolar. 2015 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021