Exportar registro bibliográfico

A construção de uma expografia para o Museu de Geociências do Instituto de Geociências da Universidade de São Paulo (2015)

  • Authors:
  • Autor USP: SHIBATA, LUCIA - MUSEOLOGIA
  • Unidade: MUSEOLOGIA
  • Sigla do Departamento: PPGMUS
  • Subjects: MUSEUS; GEOCIÊNCIAS (EXPOSIÇÕES); EXPOSIÇÕES MUSEOLÓGICAS; PLANEJAMENTO DE EXPOSIÇÕES
  • Language: Português
  • Abstract: Essa pesquisa foi estruturada para refletir sobre a construção de uma expografia de forma participativa, particularmente as condições para o desenvolvimento de exposições sobre temas científicos voltados a públicos não acadêmicos. O lócus do estudo é o Acervo de Minerais e Rochas do Instituto de Geociências, dedicado à  pesquisa e ao ensino relacionado às Geociências na Universidade de São Paulo. Este Acervo, criado em 1934 para as aulas práticas de geologia e química, foi aberto nos anos 1990 para visitação pública e é conhecido como Museu de Geociências. Embora o museu tenha passado por mudanças consideráveis em termos de vínculo institucional e perfil de visitantes ao longo do tempo, essas mudanças não se refletiram na expografia, que continua a exibir terminologia acadêmica e retórica classificatória de mineralogia. Acreditamos que isso provoque o que Ulpiano Bezerra de Meneses descreve como fetichizaçao dos objetos, mistificando-os. Com a finalidade de aproximar a sociedade deste museu, planejamos um processo de desenvolvimento conceitual da expografia no qual os sujeitos da pesquisa, funcionários do museu, têm participação ativa, usando o plano museológico como ferramenta de reflexão. Por isso, o objetivo geral desta pesquisa é refletir sobre as potencialidades da reformatação da expografia por meio da pesquisa-ação participativa no Museu de Geociências do Instituto de Geociências da Universidade de São Paulo e os objetivos específicos são refletir sobre a contribuiçãodo plano museológico para a reformatação da expografia, desvelar como transmitir conhecimentos de Geociências para o público não acadêmico a partir do acervo do museu e construir conhecimento a partir de uma práxis. Esperamos, com esta pesquisa, discutir sobre metodologia em museus, particularmente em processos expográficos de museus científicos e aspectos da exposições em termos de comunicação, e problematizar o método de trabalho de concepção de exposições em museus contemporâneos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 10.08.2015
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SHIBATA, Lúcia; CURY, Marília Xavier. A construção de uma expografia para o Museu de Geociências do Instituto de Geociências da Universidade de São Paulo. 2015.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/103/103131/tde-29102015-162559/ >.
    • APA

      Shibata, L., & Cury, M. X. (2015). A construção de uma expografia para o Museu de Geociências do Instituto de Geociências da Universidade de São Paulo. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/103/103131/tde-29102015-162559/
    • NLM

      Shibata L, Cury MX. A construção de uma expografia para o Museu de Geociências do Instituto de Geociências da Universidade de São Paulo [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/103/103131/tde-29102015-162559/
    • Vancouver

      Shibata L, Cury MX. A construção de uma expografia para o Museu de Geociências do Instituto de Geociências da Universidade de São Paulo [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/103/103131/tde-29102015-162559/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021