Exportar registro bibliográfico

De bordadeira a escritora: a construção da identidade feminina nos quatro primeiros romances de Lídia Jorge (2015)

  • Authors:
  • Autor USP: GODÊNCIO, ELISANGELA FÁTIMA NOGUEIRA - FFLCH
  • Unidade: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLC
  • Subjects: LITERATURA PORTUGUESA; MULHERES; IDENTIDADE
  • Keywords: Autoconhecimento; Female identity; Identidade feminina; Interação; Interaction; Self-knowledge
  • Language: Português
  • Abstract: Este trabalho constitui um estudo a cerca da construção da identidade feminina tal como se apresenta nos quatro primeiros romances da autora portuguesa Lídia Jorge. Para tanto, foram selecionadas as seguintes obras: O Dia dos Prodígios (1980), O cais das merendas (1982), Notícia da Cidade Silvestre (1984) e A Costa dos murmúrios (1988). A análise dessas obras busca revelar a trajetória percorrida pelas personagens femininas nos romances, observando seus comportamentos, suas angústias, seus medos e suas paixões, para que se possa examinar como se processa a construção identitária da mulher que se insere na época ditatorial vivida por Portugal (como no primeiro romance) e daquelas que vivem no contexto pós-Revolução de 74 (como as mulheres dos outros três romances). Propõe-se identificar, neste estudo, de que maneira se desenvolve a busca do autoconhecimento das personagens, no sentido de, pelo menos, se investigar como se inicia o processo de construção da identidade da mulher portuguesa, que ficou esquecida no período que antecedeu e marcou a experiência de Abril de 1974 (destacada na obra O dia dos prodígios); como ocorre a busca pelo autoconhecimento no contexto de colonização cultural que Portugal vive nos tempos subsequentes ao 25 de Abril de 1974 (como se vê em O cais das merendas); como se processa a luta da mulher pela sobrevivência na Lisboa do final dos anos setenta (destacada em Notícia da cidade silvestre); e de que modo se desenvolve a ação entre os finais dosanos sessenta e princípio dos anos setenta, em pleno ambiente de Guerra Colonial (tal como é ficcionalizado no romance A Costa dos Murmúrios). Estas obras representam uma incursão pela vida das mulheres portuguesas da segunda metade do século XX. Esta investigação se desenvolve por meio da observação detalhada de personagens femininas que buscavam um lugar seu, um espaço próprio, tentando revelar e compreender o mundo.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 09.04.2015
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GODÊNCIO, Elisangela Fátima Nogueira; BRIDI, Marlise Vaz. De bordadeira a escritora: a construção da identidade feminina nos quatro primeiros romances de Lídia Jorge. 2015.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8150/tde-09092015-171101/ >.
    • APA

      Godêncio, E. F. N., & Bridi, M. V. (2015). De bordadeira a escritora: a construção da identidade feminina nos quatro primeiros romances de Lídia Jorge. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8150/tde-09092015-171101/
    • NLM

      Godêncio EFN, Bridi MV. De bordadeira a escritora: a construção da identidade feminina nos quatro primeiros romances de Lídia Jorge [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8150/tde-09092015-171101/
    • Vancouver

      Godêncio EFN, Bridi MV. De bordadeira a escritora: a construção da identidade feminina nos quatro primeiros romances de Lídia Jorge [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8150/tde-09092015-171101/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021