Exportar registro bibliográfico


Metrics:

Incontinência urinária no climatério: prevalência, fatores associados e impacto na qualidade de vida (2015)

  • Authors:
  • Autor USP: DELLÚ, MÁYRA CECILIA - FSP
  • Unidade: FSP
  • Sigla do Departamento: HSM
  • DOI: 10.11606/T.6.2015.tde-19102015-100242
  • Subjects: INCONTINÊNCIA URINÁRIA (IMPACTOS SOCIAIS;FATORES); PREVALÊNCIA (ESTIMATIVA); QUALIDADE DE VIDA; CLIMATÉRIO; MULHERES
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução - A saúde da mulher no climatério tem sido amplamente investigada e discutida, não só pelas repercussões clínicas que afetam a vida das mulheres, mas também pelo significativo impacto para a saúde pública. A literatura brasileira é escassa em inquéritos populacionais sobre a incontinência urinária (IU) no climatério que, apesar de não expor as mulheres a risco, promove significativo impacto sobre a qualidade de vida que pode estender-se para as atividades da vida diária, prática de exercício, função sexual e relações interpessoais. Objetivo - Estimar a prevalência e identificar os possíveis fatores associados à IU e ao impacto da perda urinária em mulheres climatéricas. Método - Por meio de amostragem aleatória estratificada foram selecionadas 1200 mulheres, entre 35 a 72 anos, cadastradas na Estratégia de Saúde da Família do município de Pindamonhangaba - SP, 2014. As variáveis dependentes foram a IU e o impacto da perda urinária - pesquisadas por meio do ICIQ-SF e KHQ - e as independentes - fatores epidemiológicos e clínicos - investigadas por meio de inquérito populacional, medidas antropométricas, coleta de sangue e urina. Resultados - Participaram do estudo 998 mulheres com média de 51,9 anos (DP=8,8 anos). As mulheres com IU tinham em média 52,8 (DP=9,2 anos), estavam na menopausa (62,5 por cento), eram casadas (87,5 por cento ), católicas (48,9 por cento) e declararam-se negras ou pardas (47,2 por cento).A média da idade da menopausa das mulheres com IU foi de 47,3 anos (DP=5,8 anos). A prevalência de IU foi de 20,4 por cento (IC95 por cento : 17,8 por cento - 23,1 por cento ). Os fatores associados à IU foram perda urinária na gestação (p<0,001) e no pós-parto (p<0,001), prolapso genital (p<0,001), estresse (p=0,001), depressão (p=0,002) e obesidade (p=0,006). O impacto da IU foi relatado pela maioria das mulheres, sendo o aspecto social o mais impactado pelos diferentes tipos de incontinência. A frequência das perdas urinárias (p=0,005), o uso de protetor (p=0,011) e o controle da ingesta líquida (p=0,038) foram os maiores incômodos. Conclusão - A prevalência de IU foi semelhante à encontrada em outros estudos. Os fatores associados à gênese da IU foram a perda urinária na gestação e no pós-parto, o prolapso genital e a obesidade e as consequências foram a depressão e o estresse. A qualidade de vida sofreu interferência negativa para os aspectos sociais e medidas de gravidade nas mulheres com IU. Ao impacto da IU associaram-se a frequência das perdas urinárias, o uso de protetor e o controle da ingesta de líquido.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 03.08.2015
  • Acesso à fonteAcesso à fonteAcesso à fonteDOI
    Informações sobre o DOI: 10.11606/T.6.2015.tde-19102015-100242 (Fonte: oaDOI API)
    • Este periódico é de acesso aberto
    • Este artigo é de acesso aberto
    • URL de acesso aberto
    • Cor do Acesso Aberto: gold
    • Licença: cc-by-nc-sa

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      DELLÚ, Máyra Cecilia; ALDRIGHI, José Mendes. Incontinência urinária no climatério: prevalência, fatores associados e impacto na qualidade de vida. 2015.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015. Disponível em: < https://doi.org/10.11606/T.6.2015.tde-19102015-100242 > DOI: 10.11606/T.6.2015.tde-19102015-100242.
    • APA

      Dellú, M. C., & Aldrighi, J. M. (2015). Incontinência urinária no climatério: prevalência, fatores associados e impacto na qualidade de vida. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de https://doi.org/10.11606/T.6.2015.tde-19102015-100242
    • NLM

      Dellú MC, Aldrighi JM. Incontinência urinária no climatério: prevalência, fatores associados e impacto na qualidade de vida [Internet]. 2015 ;Available from: https://doi.org/10.11606/T.6.2015.tde-19102015-100242
    • Vancouver

      Dellú MC, Aldrighi JM. Incontinência urinária no climatério: prevalência, fatores associados e impacto na qualidade de vida [Internet]. 2015 ;Available from: https://doi.org/10.11606/T.6.2015.tde-19102015-100242

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021