Exportar registro bibliográfico

Perfil de expressão tecidual e plasmática dos microRNAs miR-130a, miR-181c e miR-181d em meningiomas grau I, II e III (2015)

  • Authors:
  • USP affiliated author: CARNEIRO, VINICIUS MARQUES - FMRP
  • School: FMRP
  • Sigla do Departamento: RCA
  • Subjects: MENINGIOMA; BIOMARCADORES; AVANÇO DA DOENÇA
  • Keywords: MicroRNAs; Progressão tumoral; Biomarkers; Tumor progression
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: Os meningiomas são neoplasias intracranianas de crescimento lento que se originam das células meningoteliais da aracnoide e representam os tumores intracranianos mais comuns, contabilizando 13-26% deste total, sendo um dos primeiros tumores sólidos a terem alterações genéticas identificadas. Inúmeros tem sido os avanços para a melhor compreensão das vias moleculares correlacionadas com a tumorigênese e progressão tumoral dos meningiomas, neste contexto tem se destacado o papel dos microRNAs que são RNAs não-codificantes (ncRNAs) constituídos por 19 a 25 nucleotídeos, cuja função é o silenciamento do RNAm em nível pós-transcricional. Portanto, o objetivo do nosso estudo foi avaliar a expressão tecidual e plasmática dos miRNAs miR-181d, miR-181c e miR-130a. Pacientes e métodos: Os miRNAs miR-181d, miR-181c e miR-130a foram selecionados a partir de estudo prévio do nosso grupo pela técnica de análise em larga escala de microarrays, onde foram comparados meningiomas grau I com amostras controles de aracnóides. Neste trabalho foi avaliada expressão destes miRNAs no tecido tumoral e plasma de meningiomas grau I, II e III. Resultados: O miR-181d apresentou-se hiperexpresso nos grupos estudados, no tecido tumoral quanto no plasma. O nível de expressão foi maior de acordo com a progressão do grau do tumor. Os miR-181c e miR-130a não apresentaram diferença estatística nos grupos estudados em ambos tecido tumoral e plasma. Conclusões: O miR-181d tem potencial para ser utilizado como biomarcador para meningiomas e está associado com sua progressão tumoral
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 29.05.2015
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CARNEIRO, Vinicius Marques; CARLOTTI JÚNIOR, Carlos Gilberto. Perfil de expressão tecidual e plasmática dos microRNAs miR-130a, miR-181c e miR-181d em meningiomas grau I, II e III. 2015.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17137/tde-01022016-155451/ >.
    • APA

      Carneiro, V. M., & Carlotti Júnior, C. G. (2015). Perfil de expressão tecidual e plasmática dos microRNAs miR-130a, miR-181c e miR-181d em meningiomas grau I, II e III. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17137/tde-01022016-155451/
    • NLM

      Carneiro VM, Carlotti Júnior CG. Perfil de expressão tecidual e plasmática dos microRNAs miR-130a, miR-181c e miR-181d em meningiomas grau I, II e III [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17137/tde-01022016-155451/
    • Vancouver

      Carneiro VM, Carlotti Júnior CG. Perfil de expressão tecidual e plasmática dos microRNAs miR-130a, miR-181c e miR-181d em meningiomas grau I, II e III [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17137/tde-01022016-155451/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2022