Exportar registro bibliográfico

Efeitos do ácido ascórbico nos biomarcadores de estresse oxidativo induzido por exercício físico exaustivo (2015)

  • Authors:
  • Autor USP: PICCHI, MONIKE GÁRLIPP - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RCM
  • Subjects: OXIGÊNIO; VITAMINA C; EXERCÍCIO FÍSICO; ANTIOXIDANTES
  • Keywords: Espécies reativas de oxigênio; Exercício exaustivo; Exhaustive exercise; Reactive oxygen species; Suplementação; Supplementation; Vitamin C
  • Language: Português
  • Abstract: O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos da suplementação de vitamina C nos biomarcadores de estresse oxidativo induzido por exercício físico exaustivo. A amostra foi composta por 13 indivíduos do sexo masculino, fisicamente ativos, com idades entre 18 e 33 anos, IMC médio 23,65 ± 3,5 kg/m² e VO2max de 50,94 ± 5,2 ml.kg-1.min-1. Estes indivíduos foram submetidos a um protocolo de exercício exaustivo (40 minutos de corrida a 70-75% do VO2max, e aumento da velocidade para 90% do VO2max até a exaustão), randomizados duplo cego em duas fases (placebo X vitamina C). Na fase vitamina C eles ingeriram 500 mg de vitamina C por dia, durante 7 dias, antes do protocolo exaustivo, e na fase placebo eles ingeriram por sete dias placebo antes do mesmo protocolo. Foram coletadas amostras de sangue antes do exercício, logo após, 1h, 2h, 4h e 24h após para determinação dos biomarcadores de estresse oxidativo. As duas fases foram homogêneas, os indivíduos apresentaram consumo alimentar similar e não houve diferença na duração e intensidade do exercício. Os resultados mostram que o uso de suplemento de vitamina C favoreceu maiores níveis séricos de ácido ascórbico em relação ao placebo logo depois do exercício até 4 horas após, e por isso poupou a eliminação dos outros antioxidantes, -tocoferol e retinol, que estavam em menores concentrações séricas até 2 horas após o exercício, e do GSH, que se manteve em menores concentrações até 24 horas após. Enquanto com uso de placebo, já que osníveis de ácido ascórbico eram menores, houve uma maior liberação destes outros antioxidantes, e o -tocoferol e retinol começaram a ser consumidos 1 hora após o exercício, para combater os radicais livres formados, até 24 horas após. Apesar da CAT não ser alterada nem pela suplementação nem pelo exercício exaustivo, o FRAP foi maior na fase vitamina C e se manteve estável nas 24h após o exercício. O ácido úrico não apresentou diferença significativa, e seu uso foi poupado por outros antioxidantes séricos nas duas intervenções. Nas duas fases os indivíduos conseguiram combater os radicais livres formados pelo exercício exaustivo, já que os marcadores de peroxidação lipídica (MDA, TBARS e FOX) não aumentaram após o exercício em nenhuma das intervenções, não houve aumento de oxidação protéica (AOPP e PC). Os marcadores de lesão hepática (TGO), lesão muscular (CK) e tecidual (LDH) se comportaram de maneira igual com ou sem uso de vitamina C. As vantagens do uso adicional de vitamina C são: a maior proteção antioxidante desde o ínicio do exercício, já que apresenta maiores concentrações séricas de vitamina C e de FRAP, o menor grau de peroxidação lipídica, avaliado pelo MDA, o menor grau de oxidação protéica, avaliado pelas PC e a menor dependência do GSH como antioxidante endógeno. Sendo assim, uso de uma dose modesta de vitamina C, por um curto período de tempo, foi capaz de auxiliar na proteção antioxidante, sem nenhum efeito danoso aos indivíduos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 18.05.2015
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PICCHI, Monike Garlipp; JORDÃO JÚNIOR, Alceu Alfonso. Efeitos do ácido ascórbico nos biomarcadores de estresse oxidativo induzido por exercício físico exaustivo. 2015.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17138/tde-22082015-001832/ >.
    • APA

      Picchi, M. G., & Jordão Júnior, A. A. (2015). Efeitos do ácido ascórbico nos biomarcadores de estresse oxidativo induzido por exercício físico exaustivo. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17138/tde-22082015-001832/
    • NLM

      Picchi MG, Jordão Júnior AA. Efeitos do ácido ascórbico nos biomarcadores de estresse oxidativo induzido por exercício físico exaustivo [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17138/tde-22082015-001832/
    • Vancouver

      Picchi MG, Jordão Júnior AA. Efeitos do ácido ascórbico nos biomarcadores de estresse oxidativo induzido por exercício físico exaustivo [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17138/tde-22082015-001832/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021