Exportar registro bibliográfico

Análise da intensidade agrícola dos municípios de alguns estados brasileiros nos anos de 2000 e 2010 (2015)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: STEGE, ALYSSON LUIZ - ESALQ
  • Unidades: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LES
  • Subjects: AGRICULTURA; ECONOMETRIA; INDICADORES ECONÔMICOS; ANÁLISE FATORIAL
  • Language: Português
  • Abstract: Nas últimas quatro décadas, em especial, o meio rural brasileiro vem apresentando uma nova dinâmica em sua população e atividades, o que gera uma nova configuração. Esta nova configuração pode ser observada com relação à ocupação das pessoas no meio rural, com queda do número de pessoas ocupadas em atividades agrícolas com residência no meio rural no século XXI. Observando a nova configuração do meio rural para os estados de São Paulo, Paraná, Mato Grosso do Sul, Mato do Grosso e Goiás, observa-se que os mesmos têm apresentado os fenômenos acima citados. Entretanto, a dinâmica da ocupação do meio rural no Brasil não ocorre de forma homogênea. Isto posto, busca-se, através desta tese, analisar a distribuição e os determinantes da intensidade agrícola no meio rural dos municípios do estado de São Paulo, Paraná, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e Goiás para os anos de 2000 e 2010. Através da análise fatorial foram gerados três indicadores (representados pelos escores fatorais dos fatores extraídos) a saber: o indicador de ruralidade, da agriculturalização (intensidade das atividades agrícolas no meio rural) e da renda não agrícola. Analisando a distribuição espacial destes indicadores, representados pelos escores fatorais dos fatores extraídos, foi constatado que a ruralidade pouco se alterou entre os anos de 2000 e 2010. Também foi observado um aumento na intensidade das atividades agrícolas no meio rural e da renda não agrícola nos municípios pertencentes aos estados do MatoGrosso do Sul e Mato Grosso entre os dois anos analisados. Foram encontradas diferentes associações dos escores fatoriais ruralidade, agriculturalização e renda não agrícola. Levando a conclusão de que não existe um único padrão de evolução e associação entre ruralidade, agriculturalização e renda não agrícola nos estados analisados nos anos de 2000 e 2010. Por meio da análise exploratória de dados espaciais, constatou-se a presença de clusters espaciais Alto-Alto e Baixo-Baixo nas fronteiras dos estados e que a intensidade das atividades agrícolas do município i sofre influência das atividades agrícolas dos municípios vizinhos. A partir desse resultado, buscou-se estimar os determinantes da intensidade das atividades agrícolas no meio rural, utilizando os conceitos de variáveis de primeira e de segunda natureza, e empregando a econometria espacial. Os resultados das estimativas indicam a presença do efeito transbordamento, ou seja, um alto valor na variável intensidade das atividades agrícolas nos municípios vizinhos, aumenta o valor dessa variável no município i e que as variáveis valor total do crédito agrícola para custeio, valor da produção agrícola dividido pela área explorada, área explorada dividida pela área total dos estabelecimentos agropecuários, área não agrícola e distância do município até a capital estadual possuem relevância para explicar a intensidade das atividades agrícolas no meio rural dos estados analisados. Entretanto, as variáveis área exploradadividida pela área dos estabelecimentos agropecuários, distância do município até à capital estadual e área não agrícola são as mais importantes para determinar a agriculturalização dos municípios, indicando que a intensidade das atividades agrícolas nos municípios está mais ligada a eficácia do uso da terra
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 19.06.2015
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      STEGE, Alysson Luiz; BACHA, Carlos Jose Caetano. Análise da intensidade agrícola dos municípios de alguns estados brasileiros nos anos de 2000 e 2010. 2015.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11132/tde-21092015-170856/ >.
    • APA

      Stege, A. L., & Bacha, C. J. C. (2015). Análise da intensidade agrícola dos municípios de alguns estados brasileiros nos anos de 2000 e 2010. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11132/tde-21092015-170856/
    • NLM

      Stege AL, Bacha CJC. Análise da intensidade agrícola dos municípios de alguns estados brasileiros nos anos de 2000 e 2010 [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11132/tde-21092015-170856/
    • Vancouver

      Stege AL, Bacha CJC. Análise da intensidade agrícola dos municípios de alguns estados brasileiros nos anos de 2000 e 2010 [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11132/tde-21092015-170856/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020