Exportar registro bibliográfico

A Ferrovia Nova Transnordestina em meio às atuais condições de reprodução camponesa em Ouricuri (sertão pernambucano) (2015)

  • Authors:
  • Autor USP: CAMARGO, PAULA - FFLCH
  • Unidade: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLG
  • Subjects: CAMPESINATO; FERROVIAS; LOGÍSTICA; GEOGRAFIA AGRÁRIA
  • Keywords: Conflitcs; Conflitos; Ferrovia nova transnordestina; Nova transnordestina railroad; Pernambuco hinterland; Sertão pernambucano
  • Language: Português
  • Abstract: A presente dissertação aborda o papel da expansão da rede ferroviária e seus impactos numa formação territorial particular. O estudo em questão se insere num debate da Geografia Agrária e indica elementos para relacionar a modernização da rede de transporte com as transformações das formas de se produzir. As vias férreas para circulação de mercadorias voltaram a ganhar centralidade nas políticas públicas formuladas no Brasil neste início de século XXI. A atual expansão das malhas ferroviárias tem sido pautada pelo processo de mundialização da agricultura brasileira, bem como de intensificação da exploração mineral. Decorrem, portanto, das necessidades da reprodução capitalista contemporânea. Nesse processo atuam, também, as companhias concessionárias que obtiveram o direito de exploração das malhas ferroviárias mediante sua privatização, na década de 1990, além das próprias construtoras. Em consonância com a lógica capitalista, as novas vias de circulação são consideradas de utilidade pública e atravessam, após questionáveis processos de licenciamento ambiental, frações territoriais de comunidades rurais que, em geral, pouco ou nada são beneficiadas por este símbolo de desenvolvimento e modernização. Além disso, as vias férreas tendem a provocar o aumento da renda da terra, acentuando ainda mais os conflitos fundiários, cujo ápice se realiza através da legitimação legal das desapropriações parciais. Para a compreensão de tais processos, definimos como objeto de pesquisa aFerrovia Nova Transnordestina, em construção no Nordeste, e o município de Ouricuri/PE, como recorte espacial para um estudo de caso. Deste modo, as pesquisas de campo foram intercaladas com estudo bibliográfico sobre a formação territorial do Nordeste e da área de estudo. Visamos, assim, analisar criticamente o desenvolvimento ferroviário como parte constitutiva do desenvolvimento do modo capitalista de produção e, por meio dele, processos de reprodução do campesinato ali presente. A Ferrovia Nova Transnordestina vem se constituindo como elemento importante para o entendimento das contradições dos processos mais amplos de desenvolvimento do capitalismo e das forças produtivas. Contudo, a realidade do campo em Ouricuri mostrou-se ainda mais complexa e conflituosa diante de outros elementos: as velhas e novas relações vinculadas ao enfrentamento e à convivência com a seca, a introdução de políticas estatais sociais de profundo impacto local e o intenso processo de parcelamento da área agropecuária naquele município. Nossa pesquisa passou, assim, a incorporá-los como elementos decisivos da reprodução camponesa em Ouricuri, deslocando, ao menos para o atual momento, a centralidade da Ferrovia Nova Transnordestina e da tendência às transformações socioterritoriais a ela associadas.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 02.03.2015
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CAMARGO, Paula; MARCOS, Valeria de. A Ferrovia Nova Transnordestina em meio às atuais condições de reprodução camponesa em Ouricuri (sertão pernambucano). 2015.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8136/tde-29062015-123757/ >.
    • APA

      Camargo, P., & Marcos, V. de. (2015). A Ferrovia Nova Transnordestina em meio às atuais condições de reprodução camponesa em Ouricuri (sertão pernambucano). Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8136/tde-29062015-123757/
    • NLM

      Camargo P, Marcos V de. A Ferrovia Nova Transnordestina em meio às atuais condições de reprodução camponesa em Ouricuri (sertão pernambucano) [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8136/tde-29062015-123757/
    • Vancouver

      Camargo P, Marcos V de. A Ferrovia Nova Transnordestina em meio às atuais condições de reprodução camponesa em Ouricuri (sertão pernambucano) [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8136/tde-29062015-123757/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020