Exportar registro bibliográfico

Mito e liberdade: a crítica da cultura contra o totalitarismo político (2015)

  • Authors:
  • Autor USP: GARCIA, RAFAEL RODRIGUES - FFLCH
  • Unidade: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLF
  • Subjects: FILOSOFIA POLÍTICA; MITOS; LIBERDADE; TOTALITARISMO
  • Keywords: Critic of culture; Crítica da cultura
  • Language: Português
  • Abstract: O presente trabalho põe a si como tarefa central investigar o pensamento político na obra de Ernst Cassirer, buscando depreendê-lo de seu projeto filosófico geral apresentado ao longo dos três tomos da Filosofia das formas simbólicas. Assim, as obras que são aqui analisadas com atenção especial, quais seja, O mito do Estado e Ensaio sobre o homem, são tomadas à luz desse projeto filosófico que as precede em cerca de duas décadas. A estratégia expositiva adotada nesta dissertação foi a de partir da análise diacrônica do diagnóstico do filósofo acerca do tempo histórico em que vive, buscando os reflexos de tais acontecimentos em sua produção intelectual. Assim buscamos compreender as declarações de abertura dO mito do Estado sobre a situação social e política que tornou possível a efetivação de um programa totalitário como foi o regime nazista. Em seguida, recuamos para a compreensão dos fundamentos da filosofia das formas simbólicas de Cassirer para buscar nela os elementos que, de nosso ponto de vista, teriam suscitado ao filósofo a aplicação de seu projeto filosófico geral para a compreensão de um fenômeno bastante concreto e singular como o da experiência nazista. Após essa análise dos elementos teóricos centrais do projeto filosófico cassireriano, retomamos a análise dO mito do Estado, agora em atenção aos elementos históricos que conduziram, desde o campo da teoria política até o de sua prática efetiva, ao estado de crise e irracionalidade que caracterizam a situaçãopolítica da primeira metade do século XX. Nos capítulos seguintes, abordamos aquilo que, defendemos, constituiriam os ideais normativos do programa político de Cassirer, depreendidos de sua antropologia filosófica e das premissas gerais de uma noção de humanidade que se pretende inclusiva em relação a todas as manifestações do espírito humano. As duas noções fundamentais que destacamos e que constituiriam as linhas gerais desse programa político são a liberdade e o cosmopolitismo, por meio das quais procuramos ainda compreender a crítica de Cassirer ao hegelianismo e o modo com que se dá, nesse campo da filosofia política, sua releitura do projeto iluminista.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 20.03.2015
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GARCIA, Rafael Rodrigues; TERRA, Ricardo Ribeiro. Mito e liberdade: a crítica da cultura contra o totalitarismo político. 2015.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8133/tde-15072015-135627/ >.
    • APA

      Garcia, R. R., & Terra, R. R. (2015). Mito e liberdade: a crítica da cultura contra o totalitarismo político. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8133/tde-15072015-135627/
    • NLM

      Garcia RR, Terra RR. Mito e liberdade: a crítica da cultura contra o totalitarismo político [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8133/tde-15072015-135627/
    • Vancouver

      Garcia RR, Terra RR. Mito e liberdade: a crítica da cultura contra o totalitarismo político [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8133/tde-15072015-135627/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021