Exportar registro bibliográfico

Análise da expressão de microRNA em Leucemia Linfóide Aguda na infância (2015)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: GRECCO, CARLOS EDUARDO SETANNI - FMRP
  • Unidades: FMRP
  • Sigla do Departamento: RPP
  • Subjects: LEUCEMIA; CRIANÇAS; ADOLESCENTES
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: Muitos estudos têm demonstrado que o perfil de expressão gênica dos pacientes com LLA é fator prognóstico independente e de grande importância, que permite identificar pacientes com maior ou menor risco de recaída. Em leucemias linfóides agudas a expressão diferencial de miR tem sido observada em relação a resposta ao tratamento e prognóstico, porém ainda existem poucas informações sobre miRs em leucemias linfóides agudas pediátricas. Objetivos: Avaliar o perfil diferencial de expressão de miRNAs em crianças com LLA e correlacionar os níveis de expressão com características do diagnóstico e desfecho clínico dos pacientes. Metodologia: Realizou-se análise da expressão diferencial de microRNAs pela técnica de microarray de 81 amostras de medulas ósseas do diagnóstico de crianças com LLA, sendo 39 de LLA – T e 42 de LLA de linhagem B. Realizada validação por qRT-PCR dos 10 miRNAs mais diferencialmente expressos. Comparação entre os valores de expressão dos miRNAs e as características clínicas e biológicas foram analisadas pelo teste de Mann-Whitney; sobrevida global e sobrevida livre de eventos por curvas de Kaplan-Meier e teste log rank. Resultados: A análise por microarray possibilitou a definição de um padrão de expressão distinto dos microRNAs permitindo a separação de subgrupos de diferentes prognósticos. Na validação pela técnica de qRT-PCR encontramos: (I)na análise de subgrupos: hiperexpressão dos miR-151,-455 e -574, e hipoexpressão dos miR-141,-148,-213 e -765 nas LLA-B vs LLA-T (II) na análise de características clínicas: hipoexpressão do miR-148 nos pacientes com LLA-B tratados como alto risco e com contagem leucocitária>50.000/mm3 ao diagnóstico, hipoexpressão do miR-765 nas LLA-T com contagem leucocitária >50.000/mm3 ao diagnóstico e hiperexpressão do miR-574 nas LLA-T com idade >9 anos ao diagnóstico (III) na análise de desfecho:hipoexpressão do miR-574 nas LLA-B mostrou melhor sobrevida global e sobrevida livre de eventos; hiperexpressão do miR-141 nas LLA-T mostrou melhor sobrevida livre de eventos. Conclusão: Os resultados sugerem potencial ação dos miRNAs na oncogênese das leucemias linfóides agudas na infância, assim como seu papel nos diferentes subgrupos prognósticos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 13.05.2015

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GRECCO, Carlos Eduardo Setanni; SCRIDELI, Carlos Alberto. Análise da expressão de microRNA em Leucemia Linfóide Aguda na infância. 2015.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2015.
    • APA

      Grecco, C. E. S., & Scrideli, C. A. (2015). Análise da expressão de microRNA em Leucemia Linfóide Aguda na infância. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Grecco CES, Scrideli CA. Análise da expressão de microRNA em Leucemia Linfóide Aguda na infância. 2015 ;
    • Vancouver

      Grecco CES, Scrideli CA. Análise da expressão de microRNA em Leucemia Linfóide Aguda na infância. 2015 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020