Exportar registro bibliográfico

Mapeamento de perigo de escorregamento na bacia hidrográfica do Rio Grande de Ubatuba - Ubatuba (SP): comparação dos métodos analítico e sintético (2014)

  • Authors:
  • Autor USP: LEAL, PEDRO CARIGNATO BASILIO - FFLCH
  • Unidade: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLG
  • Subjects: ESCORREGAMENTO DOS SOLOS (MÉTODOS;MODELOS); MAPA DE RISCOS; BACIA HIDROGRÁFICA
  • Keywords: Álgebra de mapas; Analytical method; Data modeling; Map algebra; Método analítico; Método sintético; Modelagem de dados; Synthetic method
  • Language: Português
  • Abstract: O perigo geológico de escorregamentos é a probabilidade da ocorrência de eventos ou fenômenos desta natureza, induzidos ou não pela atividade humana que podem causar danos humanos, socioeconômicos e ambientais. A cartografia de perigos geológicos de escorregamentos é um importante instrumento para gestão dos territórios para Estados Nacionais, setor privado, ONGs, comunidades locais, organizações científicas, etc. O desenvolvimento da ciência e das técnicas fez surgir diversos métodos de avaliação de perigos de escorregamento. No presente trabalho, o método sintético e o método analítico foram comparados com base em Sistemas de Informação Geográfica (SIG), técnicas de geoprocessamento e modelagem de dados cartográficos. Os atributos utilizados, na forma de matrizes numéricas foram declividade do terreno, densidade de drenagem e de lineamentos, excedente hídrico e cobertura vegetal e uso da terra (índice NDVI). Por meio de procedimentos de álgebra de mapas foi obtido o índice de perigo e elaborados os mapas de perigo de escorregamento. No método analítico o mapa de perigo ficou com uma textura mais granulada e no método sintético aparentou uma textura mais homogênea. A comparação da medida de classes em m² dos métodos coincidiu em 92% na classe muito alto, 90% na classe alto, 89% na classe médio e 90% na classe baixo. Já na tabulação cruzada a porcentagem de intersecção foi de 50% para a classe muito alto, 41% para a classe alto, 52% para a classe médio e 68% para a classebaixo. Concluiu-se que ao invés de opostos, os métodos se mostram adequados para um uso complementar.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 24.10.2014
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      LEAL, Pedro Carignato Basilio; QUEIROZ FILHO, Alfredo Pereira de. Mapeamento de perigo de escorregamento na bacia hidrográfica do Rio Grande de Ubatuba - Ubatuba (SP): comparação dos métodos analítico e sintético. 2014.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8135/tde-11062015-155431/ >.
    • APA

      Leal, P. C. B., & Queiroz Filho, A. P. de. (2014). Mapeamento de perigo de escorregamento na bacia hidrográfica do Rio Grande de Ubatuba - Ubatuba (SP): comparação dos métodos analítico e sintético. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8135/tde-11062015-155431/
    • NLM

      Leal PCB, Queiroz Filho AP de. Mapeamento de perigo de escorregamento na bacia hidrográfica do Rio Grande de Ubatuba - Ubatuba (SP): comparação dos métodos analítico e sintético [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8135/tde-11062015-155431/
    • Vancouver

      Leal PCB, Queiroz Filho AP de. Mapeamento de perigo de escorregamento na bacia hidrográfica do Rio Grande de Ubatuba - Ubatuba (SP): comparação dos métodos analítico e sintético [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8135/tde-11062015-155431/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021