Exportar registro bibliográfico

Cooperação bilateral Brasil - EUA em matéria penal: alcançando o devido processo (2015)

  • Authors:
  • USP affiliated author: SOUZA, CAROLINA YUMI DE - FD
  • School: FD
  • Sigla do Departamento: DPC
  • Subjects: DIREITO PROCESSUAL PENAL; DIREITO PROCESSUAL INTERNACIONAL; COOPERAÇÃO INTERNACIONAL (ASPECTOS LEGAIS)
  • Language: Português
  • Abstract: o objetivo desta tese é demonstrar como se pode alcançar, na cooperação jurídica internacional, o respeito ao devido processo legal, ao mesmo tempo em que sejam respeitados os ordenamentos jurídicos envolvidos. Pluralidade de ordenamentos, confiança mútua, respeito aos direitos fundamentais e o dever/necessidade de cooperar conduzem a aparentes dicotomias na apreciação da matéria, como aquela que contrapõe eficiência e garantismo. Contextualizada a cooperação e analisadas suas principais caraterísticas, afirmamos que cooperação eficaz, reconhecimento da diversidade de sistemas jurídicos e direitos dos concernidos constituem os principais vetores do instituto, cujo equilíbrio é essencial a sua correta aplicação. Partindo desta premissa, a cooperação não pode ser entendida como instrumento dedicado primordialmente ao uso da acusação, como mais uma ferramenta de combate ao crime, mas como procedimento que tem por finalidade a consecução de um processo justo. Para problematizar a forma com a qual seria garantido este processo justo, parte-se do estudo da relação bilateral entre Brasil e Estados Unidos, que congrega os principais desafios a uma cooperação embasada no respeito aos direitos fundamentais, que deve permear todos os ramos do direito e, em especial, no respeito aos direitos da defesa, que são os mais atingidos na prática deste instituto. Analisa-se também o sistema estadunidense de cooperação jurídica internacional, com ênfase em sua legislação e jurisprudência sobre o tema. Esta análise é oportuna, pois a atuação dos Estados Unidos na área é bastante intensa e sua disciplina exaustiva, constituindo o estudo do direito comparado vantajoso à tentativa de propositura de soluções a questões não resolvidas no ordenamento brasileiro, cuja carência de regulamentação conduz a incertezas. Estas incidem principalmente na salvaguarda dos direitos da defesa,alijada do processo de desenvolvimento do instituto e excluída da utilização do MLAT (Mutual Legal Assistance Treaty) e da possibilidade de interferir no deslinde da execução de um pedido de assistência. Uma vez identificados pontualmente os principais problemas, prosseguimos com a apresentação de soluções gerais, consubstanciadas em propostas de interpretação de nossa legislação. Em síntese, estas propostas são direcionadas à proteção da ampla defesa, demonstrando-se a necessidade de disponibilizar meios adequados de atuação à defesa que. em homenagem ao corolário da paridade de armas. devem ser proporcionais aos meios que possui a acusação. Além disso. a defesa deve ter a oportunidade de se manifestar em todos os momentos do cumprimento do pedido de cooperação. não devendo se constituir em regra o contraditório diferido. Por fim, as sugestões voltar-se-ão ao papel que as tradicionais causas de restrição à assistência podem desempenhar na salvaguarda dos direitos aqui estudados
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 15.04.2015
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SOUZA, Carolina Yumi de; BADARÓ, Gustavo Henrique Righi Ivahy. Cooperação bilateral Brasil - EUA em matéria penal: alcançando o devido processo. 2015.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/2/2137/tde-15102015-140217/pt-br.php >.
    • APA

      Souza, C. Y. de, & Badaró, G. H. R. I. (2015). Cooperação bilateral Brasil - EUA em matéria penal: alcançando o devido processo. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/2/2137/tde-15102015-140217/pt-br.php
    • NLM

      Souza CY de, Badaró GHRI. Cooperação bilateral Brasil - EUA em matéria penal: alcançando o devido processo [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/2/2137/tde-15102015-140217/pt-br.php
    • Vancouver

      Souza CY de, Badaró GHRI. Cooperação bilateral Brasil - EUA em matéria penal: alcançando o devido processo [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/2/2137/tde-15102015-140217/pt-br.php

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020