Exportar registro bibliográfico

Losartana e hidralazina previnem o acúmulo arterial de lípides induzido pela restrição alimentar crônica de sódio em animais hipertensos e hiperlipidêmicos (2015)

  • Authors:
  • Autor USP: FUSCO, FERNANDA BUENO - FM
  • Unidade: FM
  • Sigla do Departamento: MCM
  • Subjects: HIPERTENSÃO; ANGIOTENSINAS; ARTERIOSCLEROSE; COLESTEROL; HIPERLIPIDEMIA; DIETA ANIMAL; CAMUNDONGOS; RATOS WISTAR
  • Keywords: Angiotensinas; Angiotensins; Aterosclerose; Atherosclerosis; Cholesterol; Colesterol; Diet sodium-restricted; Dieta hipossódica; Hipertensão renovascular; Hypertension renovascular; Triglicérides; Triglycerides
  • Language: Português
  • Abstract: A restrição alimentar de cloreto de sódio prejudica o perfil de lípides plasmáticos e a sensibilidade à insulina, favorecendo a aterosclerose em modelos animais dislipidêmicos. A hiperlipidemia e a ativação do sistema renina-angiotensina-aldosterona, isolados ou conjuntamente, estimulam a aterogênese. O objetivo deste estudo foi investigar a influência da restrição crônica de cloreto de sódio na dieta sobre a aterogênese utilizando-se camundongos hiperlipidêmicos (modelo de estudo para aterosclerose) e com hipertensão renovascular. Camundongos knockout para o receptor de lipoproteína de densidade baixa (LDLR KO) e com hipertensão renovascular cirurgicamente induzida (hipertensão dependente de angiotensina II endógena; 2-kidney, 1-clip; 2K1C), tratados ou não com fármacos anti-hipertensivos (losartana ou hidralazina), foram alimentados ad libitum com ração contendo baixa concentração de sódio (HS) (0,15% NaCl) ou ração com concentração padrão de sódio (NS) (1,27% NaCl) a partir do desmame até completarem 5 meses de idade. Camundongos hipertensos submetidos à restrição de sódio apresentaram maior concentração plasmática de colesterol total (CT) e triglicérides (TG), quando comparados aos animais alimentados com dieta NS, confirmando nosso estudo anterior com camundongos normotensos. Os camundongos hipertensos alimentados com dieta HS apresentaram maior infiltração de lípides na parede do arco aórtico quando comparados aos animais NS, apesar da redução da pressão arterial (PA) obtida com a restrição de sódio.A dieta LS não alterou o peso corpóreo e o hematócrito dos animais, exceto em relação aos camundongos tratados com losartana os quais apresentaram discreta redução de hematócrito e das concentrações plasmáticas de TG e de ácidos graxos livres (AGL) justificando, provavelmente, a menor infiltração de lípides no arco aórtico destes animais. Quando comparados aos animais normotensos alimentados com dieta HS, os camundongos hipertensos tratados com losartana ou hidralazina apresentaram menor infiltração lipídica na vasculatura, sugerindo que mecanismos benéficos dos fármacos anti-hipertensivos sobre o metabolismo possam ter superado o efeito destes fármacos sobre a PA. Este estudo pode contribuir no esclarecimento dos mecanismos de ação dos fármacos anti-hipertensivos sobre a aterogênese e nas questões conflitantes em relação à restrição alimentar de sódio, hipertensão arterial, dislipidemia e doença cardiovascular prematura
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 04.05.2015
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FUSCO, Fernanda Bueno; CATANOZI, Sergio. Losartana e hidralazina previnem o acúmulo arterial de lípides induzido pela restrição alimentar crônica de sódio em animais hipertensos e hiperlipidêmicos. 2015.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5135/tde-06082015-115628/ >.
    • APA

      Fusco, F. B., & Catanozi, S. (2015). Losartana e hidralazina previnem o acúmulo arterial de lípides induzido pela restrição alimentar crônica de sódio em animais hipertensos e hiperlipidêmicos. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5135/tde-06082015-115628/
    • NLM

      Fusco FB, Catanozi S. Losartana e hidralazina previnem o acúmulo arterial de lípides induzido pela restrição alimentar crônica de sódio em animais hipertensos e hiperlipidêmicos [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5135/tde-06082015-115628/
    • Vancouver

      Fusco FB, Catanozi S. Losartana e hidralazina previnem o acúmulo arterial de lípides induzido pela restrição alimentar crônica de sódio em animais hipertensos e hiperlipidêmicos [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5135/tde-06082015-115628/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021