Exportar registro bibliográfico

Fatores de risco psicossocial do trabalho associados ao adoecimento psíquico dos motoristas de ônibus urbano (2015)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CARVALHO, RICARDO BACCARELLI - FSP
  • Unidades: FSP
  • Sigla do Departamento: HSA
  • Subjects: FATORES PSICOSSOCIAIS (ASSOCIAÇÃO); TRABALHO (ASSOCIAÇÃO); TRANSPORTE URBANO; ÔNIBUS; SAÚDE MENTAL; SAÚDE OCUPACIONAL; SINAIS E SINTOMAS (PERCEPÇÃO;ASSOCIAÇÃO); ALCOOLISMO (ASSOCIAÇÃO); ANÁLISE ESTATÍSTICA DE DADOS
  • Keywords: Epidemiologia Ocupacional; Fatores Psicossociais do Trabalho; Mental Health; Motoristas de Ônibus Urbano; Occupational Epidemiology; Occupational Health; Psychosocial Factors at Work; Urban Bus Drivers
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução Os motoristas de ônibus urbano são submetidos às normas das empresas de forma peculiar, permanecendo a maior parte do tempo fora dos limites da contratante, submetidos a situações de trabalho com alto potencial estressante. Os distúrbios psíquicos são frequentes nesta população, gerando absenteísmo e impacto financeiro para profissionais, empresas e população usuária dos serviços. Objetivos Verificar o nível de sintomas ansiosos e depressivos referidos e traçar o perfil de uso de álcool nos motoristas de ônibus urbano da região metropolitana de São Paulo, que buscavam atendimento médico; Identificar fatores de risco psicossocial do trabalho associados a este perfil. Métodos Avaliada amostra de conveniência de 174 motoristas de ônibus urbano encaminhados ao Serviço de Saúde Ocupacional do ICHC-FMUSP. Realizadas entrevistas, preenchimento de prontuário médico ocupacional e aplicados questionários de avaliação da percepção de fatores psicossociais do trabalho, como variáveis independentes, e avaliação de condição de saúde quanto ao indicativo de transtornos depressivos, ansiosos e do padrão de consumo de álcool, como variáveis dependentes, sendo realizada análise estatística dos dados. Selecionados casos que ilustram as situações de trabalho a que estes profissionais estão expostos. Resultados 93,1 por cento consideram seu trabalho como de alta demanda psicológica e 87,4 por cento consideram ter baixo grau de controle sobre as atividades. 81,6 por centoposicionam-se na categoria de trabalho de alta exigência do Modelo Demanda-Controle e 57,5 por cento referem ter baixo suporte social. 61,5 por cento avaliam que há desequilíbrio na relação esforço-recompensa e 77,6 por cento consideram alto seu comprometimento pessoal com o trabalho. Pelo Modelo Desequilíbrio Esforço-Recompensa, 55,2 por cento dos casos estão expostos à situação considerada como de risco mais intenso de adoecimento. 60,9 por cento e 70,3 por cento dos casos apresentam sintomas sugestivos de diagnóstico de depressão e ansiedade, respectivamente. 13,8 por cento da amostra referem uso de álcool compatível com abuso/dependência. Ser mulher, ter menor idade, apresentar desequilíbrio esforço-recompensa e ter alto grau de comprometimento com o trabalho foram associados a sintomas indicativos de quadro depressivo. Apresentar desequilíbrio esforço-recompensa e ter alto comprometimento com o trabalho foram associados a sintomas indicativos de quadro de ansiedade. Ter baixo nível de apoio social foi associado a indicativo de abuso/dependência de álcool. Pela análise por regressão logística múltipla, desequilíbrio esforço-recompensa e comprometimento estão associados à depressão; controle e comprometimento à ansiedade e apoio social ao uso de álcool. Conclusão A população estudada mostrou-se exposta à situação de risco intenso de adoecimento psíquico relacionado ao trabalho
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 09.04.2015

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CARVALHO, Ricardo Baccarelli; ROCHA, Lys Esther. Fatores de risco psicossocial do trabalho associados ao adoecimento psíquico dos motoristas de ônibus urbano. 2015.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6134/tde-28042015-115238/ >.
    • APA

      Carvalho, R. B., & Rocha, L. E. (2015). Fatores de risco psicossocial do trabalho associados ao adoecimento psíquico dos motoristas de ônibus urbano. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6134/tde-28042015-115238/
    • NLM

      Carvalho RB, Rocha LE. Fatores de risco psicossocial do trabalho associados ao adoecimento psíquico dos motoristas de ônibus urbano [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6134/tde-28042015-115238/
    • Vancouver

      Carvalho RB, Rocha LE. Fatores de risco psicossocial do trabalho associados ao adoecimento psíquico dos motoristas de ônibus urbano [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6134/tde-28042015-115238/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020