Exportar registro bibliográfico

Controle pós-transcricional envolvendo redes de interação miRNAs-mRNAs durante a diferenciação osteoblástica de células tronco da polpa dentária humana (2015)

  • Authors:
  • Autor USP: DERNOWSEK, JANAINA DE ANDRÉA - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RGE
  • Subjects: TRANSCRIÇÃO GÊNICA; CÉLULAS-TRONCO; POLPA DENTÁRIA; OSTEOGÊNESE
  • Language: Português
  • Abstract: MicroRNAs (miRNAs) são capazes de dirigir a repressão da tradução de mRNAs alvos, gerando mudanças significativas na expressão gênica. Eles são reguladores importantes de vários processos biológicos incluindo a diferenciação de células tronco, e dentre elas as mesenquimais (CTMs). O comprometimento das CTMs com osteoblastos é um processo definido por quatro fases: compromisso celular, proliferação, maturação e mineralização da matriz. A diferenciação dos osteoblastos é um passo fundamental envolvendo a ativação de várias vias de sinalização, incluindo TGFb, BMP, Wnt e fatores de transcrição, que são rigidamente regulados por miRNAs. Nesse trabalho nós fizemos uso do potencial metodológico dos microarrays junto com a robustez da análise bioinformática (agrupamento hierárquico de dados e interações pós-transcricionais) para estudar os mecanismos regulatórios envolvidos no controle da diferenciação osteoblástica de células tronco da polpa dentária humana. Isso possibilitou estudarmos os processos tanto no aspecto transcricional (expressão de mRNAs) quanto no póstranscricional (interações miRNAs-mRNAs), procurando aqueles miRNAs e mRNAs diferencialmente expressos sob a influência de compostos indutores da osteogênese in vitro (dexametasona, ácido ascórbico e beta-glicerol-fosfato), antagonistas de miRNAs (oligos anti-sense que anelam a miRNAs específicos) e os próprios miRNAs (oligos sense que são idênticos aos miRNAs, chamados de miRNA mimics). O perfil de expressão dos miRNAs e mRNAs durante o processo de diferenciação de CTMs foi analisado por meio de hibridizações com microarrays Agilent e as interações entre os miRNAs e seus alvos foram analisados utilizando o algoritmo GenMir++ e reconstrução de redes de interação miRNA-mRNA. Um conjunto de seis miRNAs foram identificados (miR-29b, miR-29c-5p, miR-17-3p, miR-28-5p, miR-450a-5p, miR-145-3p)e analisados. Descobrimos que as interações entre miR-450a-5p e os mRNAs que codificam respectivamente STAT1 e PTGS2 representam nós importantes durante o controle pós-transcricional da diferenciação osteoblástica de CTMs humanas.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 22.01.2015

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      DERNOWSEK, Janaina de Andréa; PASSOS JUNIOR, Geraldo Aleixo da Silva. Controle pós-transcricional envolvendo redes de interação miRNAs-mRNAs durante a diferenciação osteoblástica de células tronco da polpa dentária humana. 2015.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2015.
    • APA

      Dernowsek, J. de A., & Passos Junior, G. A. da S. (2015). Controle pós-transcricional envolvendo redes de interação miRNAs-mRNAs durante a diferenciação osteoblástica de células tronco da polpa dentária humana. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Dernowsek J de A, Passos Junior GA da S. Controle pós-transcricional envolvendo redes de interação miRNAs-mRNAs durante a diferenciação osteoblástica de células tronco da polpa dentária humana. 2015 ;
    • Vancouver

      Dernowsek J de A, Passos Junior GA da S. Controle pós-transcricional envolvendo redes de interação miRNAs-mRNAs durante a diferenciação osteoblástica de células tronco da polpa dentária humana. 2015 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021