Exportar registro bibliográfico

Perfil de expressão de microRNAs em câncer de mama localmente avançado e metastático (2015)

  • Authors:
  • Autor USP: SICCHIERI, RENATA DANIELLE - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RGO
  • Subjects: NEOPLASIAS MAMÁRIAS; QUIMIOTERAPIA; PROGNÓSTICO
  • Language: Português
  • Abstract: O carcinoma de mama é uma doença altamente prevalente e incidente. Aproximadamente, cerca de metade dos casos são diagnosticados em estádios localmente avançados e/ou disseminados. Nesta situação o índice de sucessos terapêuticos é pequeno. A heterogeneidade fenotípica é resultado de uma integração de fatores genéticos e outros relacionados ao microambiente tumoral e, é um fator determinante na resistência ao tratamento e na disseminação tumoral. Identificar os fatores genéticos implicados na manutenção de um fenótipo de célula tronco abre oportunidades para o desenvolvimento de terapias alvo-específicas. Os microRNAs se mostram como potenciais reguladores durante o desenvolvimento e em diversas doenças. Evidências recentes indicam que microRNAs desempenham um papel vital em diversos mecanismos de resistência a múltiplas drogas quimioterápicas. No câncer de mama a resposta ao tratamento neoadjuvante é um indicador de prognóstico em mulheres com doença localmente avançada. Desta forma, esse grupo de pacientes fornece recursos para a investigação de fatores que possam ser usados como fatores prognósticos ou preditivos. Analisar o perfil de expressão de microRNAs dessas pacientes pode fornecer informações relevantes de predição de resposta e abre oportunidades para o desenvolvimento de drogas alvo-específicas. Métodos: Foram incluídas, amostras de 74 pacientes com suspeita de carcinoma de mama localmente avançado. Dentre elas, 41 pacientes se enquadram no projeto proposto, a média de idade das mesmas é de 52,9 ± 10,3 anos sendo que 24 delas (60%) estão na menopausa. Segundo o estadiamento clínico, a maioria das pacientes é considerada como portadoras de carcinoma localmente avançado (III e IV). O diâmetro clínico do tumor primário é de 5,6 ± 3 cm. Segundo as características patológicas, a maioria dos carcinomas ductal invasivo (CDI) foi classificada comograu II (56%). Sete tumores foram classificados como grau I (17%) e onze como grau III (26%). Em 65% dos tumores encontramos expressão positiva do receptor de estrogênio (RE) e em 58% a expressão do receptor de progesterona (RP) foi positiva. A superexpressão do HER2 foi encontrada em 46% dos tumores. A partir das amostras tumorais e de mama normal, realizamos ensaios de PCR (reação em cadeia da polimerase) para expressão do gene ABCG2 e Taqman Low Density Array (TLDA) para o perfil de expressão de microRNAs. Resultados: Encontramos quatro microRNAs diferentemente expressos: miR-193a-3p; miR-452; miR-483-5p e miR-542-5p, com respectivamente p= 0,0001; 0,01; 0,03 e 0,05 quando comparamos amostras de mama normal com amostras de tumores de mama. Encontramos que o miR-525-3p está hipoexpresso (p= 0,001) quando comparamos as amostras tumorais de pacientes com pCR e sem pCR. Encontramos 14 microRNAs envolvidos na via dos transportadores ABC. Sendo dois deles, o miR-512-3p e o miR-520f diretamente relacionados com a via do ABCG2. Dentre os microRNAs moderadamente correlacionado inversamente com a expressão do ABCG2 quatro tem como alvo o gene ABCG2: miR-520f, miR-520g, miR-450b-5p e miR-542-3p. Conclusão: Na avaliação global da expressão dos microRNAs em amostras de tumor de pacientes com câncer de mama localmente avançado com e sem resposta patológica completa, encontramos um microRNA hipoexpressos miR-525-3p. Encontramos, quatro microRNAs hipoexpressos miR-193a-3p; miR-452; miR-483-5p e miR-542-5p entre câncer de mama e mama normal. Encontramos 14 microRNAs, envolvidos na via dos transportadores ABC. Sendo dois deles, o miR-512-3p e o miR-520f diretamente relacionados com a via do ABCG2. Onde quatro destes microRNAs têm como alvo o gene ABCG2: miR-520f, miR-520g, miR-450b-5p e miR-542-3p. Concluímos assim que não existe um padrão de perfil de expressão de microRNAs em câncer de mama localmente avançado e metastático
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 24.02.2015

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SICCHIERI, Renata Danielle; TIEZZI, Daniel Guimarães. Perfil de expressão de microRNAs em câncer de mama localmente avançado e metastático. 2015.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2015.
    • APA

      Sicchieri, R. D., & Tiezzi, D. G. (2015). Perfil de expressão de microRNAs em câncer de mama localmente avançado e metastático. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Sicchieri RD, Tiezzi DG. Perfil de expressão de microRNAs em câncer de mama localmente avançado e metastático. 2015 ;
    • Vancouver

      Sicchieri RD, Tiezzi DG. Perfil de expressão de microRNAs em câncer de mama localmente avançado e metastático. 2015 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021