Exportar registro bibliográfico

Desenvolvimento in vitro de folículos pré-antrais bovinos: efeito da adição da androstenediona na taxa de crescimento folicular e maturação oocitária (2015)

  • Authors:
  • Autor USP: GERVÁSIO, CATIELE GARCIA - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RGO
  • Subjects: FOLÍCULO OVARIANO; ANDRÓGENOS; HORMÔNIO FOLÍCULO-ESTIMULANTE
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: O desenvolvimento e otimização dos métodos de cultivo de folículos ovarianos pré-antrais são cruciais na implementação de novas para estratégias de preservação de fertilidade em pacientes oncológicas. Porém, os meios de cultivo folicular utilizados até o momento ainda não garantem o crescimento e desenvolvimento satisfatório destes folículos. Objetivo: Avaliar o efeito de diferentes concentrações de FSH e androstenediiona (A4) no desenvolvimento de folículos pré-antrais bovinos cultivados em sistema tridimensional (3-D). Materiais e Métodos: Folículos pré-antrais foram isolados mecanicamente, encapsulados em esferas de alginato (0,25%) e cultivados em sistema 3-D em meio suplementado com FSH nas concentrações de 3 ng e 100ng (experimento I) e com A4T (Total) e A4I (inicial) no experimento II. Foram cultivados por 21 ou 16 dias a 20% de O2. O desenvolvimento folicular foi avaliado através da taxa de crescimento, sobrevida, formação da cavidade antral, recuperação oocitária (oócitos total, morfologicamente normais (ON) e degenerados OD), recuperação de complexo cumulus-oócitos (COCs) ou oócitos viáveis e análise do diâmetro do oócito pré e pós maturação in vitro (MIV). Resultados: No experimento I, os folículos cultivados na presença de FSH 3ng e 100ng não apresentaram diferença significativa no crescimento folicular, taxa de sobrevida, formação de antro, recuperação de oócitos totais, degenerados e COCs. A recuperação de ON no grupo FSH 3 ng foi de 18%, enquanto no grupo FSH 100 ng foi 3,8%, p=0,03. O diâmetro dos oócitos presentes nos COCs recuperados foi maior no grupo cultivado com FSH 3 ng (69µm) quando comparado ao grupo com FSH 100 ng (60,5µm), p=0,02. No experimento II, os folículos cultivados nos grupos controle, A4I e A4T, não apresentaram diferença significativa no crescimento folicular, taxa de sobrevida, formação de antro, recuperaçãode oócitos totais e ON (p >0,05). A taxa de oócitos degenerados foi menor no grupo A4I (13,2%) quando comparado ao grupo controle (25%) e grupo A4T (33,33%), p=0,05 e o número de COCs foi maior no grupo A4I (43,48%) quando comparado ao grupo controle (37,14%) e grupo A4T (15,38%), p=0,04. Sendo que, após a MIV houve aumento do diâmetro dos oócitos somente nos grupos controle (p<0,01) e A4I (p=0,04). Verificamos que a porcentagem de folículos CR no grupo controle foi de 2,08%, no grupo A4T foi de 10% e no grupo A4I 43,39%. O subgrupo CL apresentou uma porcentagem de 72,91% no grupo controle, 65% no grupo A4T e 43,39% no grupo A4I. Já a pocentagem de folículos SC foi de 25% no grupo controle, 25% A4T e 13,20% no grupo A4T. No grupo CR não houve OD, enquanto folículos com CL no grupo A4I obteve-se taxa de 8,69% de OD, 17,14% no grupo controle e 51,28% no grupo A4T, p<0,001. Nos folículos que não apresentaram crescimento, a taxa de COCs recuperados foi maior no grupo A4I (43,48%) quando comparado ao grupo controle (37,14%) e ao grupo A4T (15,38%), p=0,03. No grupo A4I não houve OD, enquanto no grupo controle houve taxa de recuperação de 41,66% e 13,33%, no grupo A4T, p=0,03. Conclusão: A concentração de FSH (3 ng ou 100 ng) no cultivo in vitro folículos pré-antrais bovino em sistema 3D não apresentou diferença no crescimento folicular e recuperação oocitária. Entretanto, a androstenediona adicionada na fase inicial do cultivo proporcionou um melhor ambiente hormonal para o desenvolvimento in vitro de folículos pré-antrais bovinos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 22.01.2015

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GERVÁSIO, Catiele Garcia; SILVA, Ana Carolina Japur de Sá Rosa e. Desenvolvimento in vitro de folículos pré-antrais bovinos: efeito da adição da androstenediona na taxa de crescimento folicular e maturação oocitária. 2015.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2015.
    • APA

      Gervásio, C. G., & Silva, A. C. J. de S. R. e. (2015). Desenvolvimento in vitro de folículos pré-antrais bovinos: efeito da adição da androstenediona na taxa de crescimento folicular e maturação oocitária. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Gervásio CG, Silva ACJ de SR e. Desenvolvimento in vitro de folículos pré-antrais bovinos: efeito da adição da androstenediona na taxa de crescimento folicular e maturação oocitária. 2015 ;
    • Vancouver

      Gervásio CG, Silva ACJ de SR e. Desenvolvimento in vitro de folículos pré-antrais bovinos: efeito da adição da androstenediona na taxa de crescimento folicular e maturação oocitária. 2015 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021