Exportar registro bibliográfico

Fotoantropometria para estimativa de idade de crianças e adolescentes com emprego de imagens faciais em norma frontal: relações Iridianas (2015)

  • Authors:
  • Autor USP: MACHADO, CARLOS EDUARDO PALHARES - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RPA
  • Subjects: ANTROPOLOGIA JURÍDICA; ANATOMIA; IDADE (ESTIMATIVA)
  • Language: Português
  • Abstract: Com a democratização da internet, a pornografia infantil se tornou um dos crimes que mais crescem no mundo. Apesar da relevância do tema, até hoje, não existe uma metodologia cientificamente capaz de estimar, de forma segura, a idade em crianças e adolescentes quando examinados por meio de imagens. O presente estudo teve por objetivo a propor método de análise fotoantropométrica baseada nas relações entre o diâmetro da íris e um conjunto de medidas faciais, chamadas de “Relações Iridianas”, e testar a sua aplicabilidade na detecção de variações morfológicas da face em função da idade, em indivíduos brasileiros, comparando seus resultados com metodologia proposta por estudo de referência, realizado na Europa. Foram utilizadas imagens faciais frontais padronizadas de 1000 indivíduos, sendo 500 mulheres e 500 homens, igualmente separados em 5 grupos etários (6, 10, 14, 18 e 22 anos - com variação de mais ou menos 15 dias), randomicamente selecionados do Banco Nacional de Passaportes do Brasil. As imagens selecionadas foram analisadas por Antropometria Craniofacial, por um mesmo examinador, utilizando pontos cefalométricos que poderiam ser objetivamente visualizados nas imagens frontais. Foi realizada a repetição do exame de 100 faces aleatórias a fim de se analisar o erro intraexaminador. Após realizadas as marcações dos pontos de referência, foram calculadas 15 razões em função do diâmetro da iris, que foram utilizadas como variáveis do estudo e tiveram seus resultados comparados com 15 variáveis propostas pelo estudo de referência. O teste de Komolgorov-Smirnov foi usado para verificar a normalidade dos dados. O T-test foi utilizado para avaliar o erro das marcações intraexaminador. A correlação de Pearson foi utilizada para verificar a correlação entre as variáveis e a idade dos indivíduos. A ANOVA foi utilizada para verificar a diferença entre as idades dosgrupos. O teste de Tukey foi utilizado para verificar a capacidade de discriminação da amostra entre os grupos etários. Ao final as duas metodologias foram testadas na capacidade de diagnosticar idades de 14 e 18 anos por modelo de regressão logística. Os resultados mostraram que o método baseado no diâmetro da íris se mostrou aplicável na detecção de variações morfológicas da face em todas as idades estudadas (6, 10, 14, 18 e 22 anos) tanto para os indivíduos do gênero masculino, quanto para os do feminino, e foi considerado superior ao método de referência em todos os parâmetros avaliados.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 09.02.2015

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MACHADO, Carlos Eduardo Palhares; GUIMARÃES, Marco Aurélio. Fotoantropometria para estimativa de idade de crianças e adolescentes com emprego de imagens faciais em norma frontal: relações Iridianas. 2015.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2015.
    • APA

      Machado, C. E. P., & Guimarães, M. A. (2015). Fotoantropometria para estimativa de idade de crianças e adolescentes com emprego de imagens faciais em norma frontal: relações Iridianas. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Machado CEP, Guimarães MA. Fotoantropometria para estimativa de idade de crianças e adolescentes com emprego de imagens faciais em norma frontal: relações Iridianas. 2015 ;
    • Vancouver

      Machado CEP, Guimarães MA. Fotoantropometria para estimativa de idade de crianças e adolescentes com emprego de imagens faciais em norma frontal: relações Iridianas. 2015 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021