Exportar registro bibliográfico

O dialeto trentino da Colônia Tirolesa de Piracicaba: aspectos fonéticos e lexicais (2014)

  • Authors:
  • Autor USP: LEOPOLDINO, EVERTON ALTMAYER - FFLCH
  • Unidade: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLM
  • Subjects: IMIGRANTES; DIALETO REGIONAL; AUSTRÍACOS
  • Keywords: Dialeto trentino; Imigração trentina; Tirol; Trentinian dialect; Trentinian immigration; Tyrol
  • Language: Português
  • Abstract: A Colônia Tirolesa de Piracicaba, no estado de São Paulo, é formada por dois bairros rurais, Santana e Santa Olímpia, e preserva o dialeto trentino (ali chamado tirolês) desde os anos de sua fundação, entre 1892 e 1893. O dialeto trentino ainda falado pelos descendentes mais velhos da comunidade foi trazido pelos fundadores da colônia, imigrantes saídos de Romagnano, Sardagna, Cortesano, Vigo Meano e Albiano, localidades próximas à cidade de Trento (em alemão, Trient), capital do antigo Principado Episcopal de Trento no interno do domínio austríaco e no Sacro Império Romano-Germânico até 1810, centro cultural e administrativo do Tirol Italiano (em alemão Welschtirol) no governo austro-húngaro de 1864 a 1918, e atual capital administrativa da Província Autônoma de Trento e da Região Autônoma Trentino-Tirol do Sul, pertencente à Itália desde 1919. O presente trabalho propõe analisar os aspectos fonéticos e lexicais do trentino piracicabano em suas duas variantes dialetais, próprias a cada um dos bairros que compõem, juntos, a Colônia Tirolesa de Piracicaba, confrontando algumas de suas principais características com o atual dialeto trentino europeu do Vale do Ádige, na Itália, e apresentando os resultados fonéticos e lexicais do contato linguístico entre o dialeto trentino e o português brasileiro da região de Piracicaba. Acreditamos que as análises servirão para um melhor conhecimento sobre a realidade linguística da colonização tirolesa, bem como para uma compreensão maisabrangente acerca da imigração trentina no interno da comumente chamada imigração italiana no Brasil, demonstrando que aspectos como a identidade, a memória e, sobretudo, a diversidade linguística, são importantes na composição social dos brasileiros.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 31.10.2014
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      LEOPOLDINO, Everton Altmayer; MAGGIO, Giliola. O dialeto trentino da Colônia Tirolesa de Piracicaba: aspectos fonéticos e lexicais. 2014.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8148/tde-14052015-132609/ >.
    • APA

      Leopoldino, E. A., & Maggio, G. (2014). O dialeto trentino da Colônia Tirolesa de Piracicaba: aspectos fonéticos e lexicais. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8148/tde-14052015-132609/
    • NLM

      Leopoldino EA, Maggio G. O dialeto trentino da Colônia Tirolesa de Piracicaba: aspectos fonéticos e lexicais [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8148/tde-14052015-132609/
    • Vancouver

      Leopoldino EA, Maggio G. O dialeto trentino da Colônia Tirolesa de Piracicaba: aspectos fonéticos e lexicais [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8148/tde-14052015-132609/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020