Exportar registro bibliográfico

Fotografia brasileira contemporânea a partir de Miguel Rio Branco (2014)

  • Authors:
  • Autor USP: BRACCHI, DANIELA NERY - FFLCH
  • Unidade: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLL
  • Subjects: SEMIÓTICA; FOTOGRAFIA
  • Keywords: Fotolivros; Haptic; Háptico; Miguel Rio Branco; Photobooks
  • Language: Português
  • Abstract: Desde o final da década de 1980, um gênero de imagens denominado de fotografia brasileira contemporânea vai se delineando no campo artístico. Artistas como Rosângela Rennó, Claudia Andujar e Miguel Rio Branco produzem fotografias que se inserem no âmbito da arte contemporânea inovando no modo de construção da imagem fotográfica. O presente trabalho elege dois fotolivros de Rio Branco para investigar algumas das inovações no modo como a fotografia articula uma significação mais sensível. O ponto de vista teórico adotado para a análise dessas imagens deriva dos estudos semióticos greimasianos, que passam a dar conta desde a década de 1990 do estudo de textos poéticos que exaltam a sensibilidade. Além de uma maior consideração do corpo como base para a apreensão do sentido nos textos visuais, a semiótica avança na diferenciação de níveis de análise do texto. Tendo em vista a hierarquização proposta por Fontanille em 2007, esta pesquisa investiga as principais estratégias enunciativas empregadas por Miguel Rio Branco na construção do texto imagético, acentuando o papel da organização plástica e particularizando o papel da textura na criação de uma aproximação sensível do texto ao enunciatário. Leva-se em consideração ainda, o papel do objeto fotolivro na apreensão das imagens, como importante suporte que evoca corporalmente o observador. No nível das cenas predicativas, pontua-se algumas práticas enunciativas que vão se sedimentando ao longo do tempo na fotografia artística. Aescolha de temas mais cotidianos e o retrato de objetos banais subvertem inicialmente o estatuto artístico, mas terminam por caracterizar uma postura enunciativa que convoca o enunciatário a conhecer de modo sensível a apreensão do banal. Essas estratégias demonstram, portanto, a defesa de formas de vida que prezam pela presença mais sensível do homem no mundo, valorizando o engajamento sensível de todo o corpo na relação com os objetos e com os textos artísticos. A consideração dos textos, objetos, cenas predicativas, estratégias e modos de vida permite ao analista uma visão mais ampla sobre os papéis que a imagem fotográfica perfaz. Uma análise mais aprofundada da obra de Rio Branco permite, ainda, explorar os efeitos sensíveis de estratégias enunciativas como a construção de metáforas visuais por meio de dípticos. Explora-se também, o papel da textura na exaltação da superfície dos objetos e valorização de uma sensibilidade háptica, na qual a sinestesia se torna a base para que o visual encontre relações possíveis com o tato.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 26.11.2014
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BRACCHI, Daniela Nery; LOPES, Ivã Carlos. Fotografia brasileira contemporânea a partir de Miguel Rio Branco. 2014.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8139/tde-18052015-144956/ >.
    • APA

      Bracchi, D. N., & Lopes, I. C. (2014). Fotografia brasileira contemporânea a partir de Miguel Rio Branco. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8139/tde-18052015-144956/
    • NLM

      Bracchi DN, Lopes IC. Fotografia brasileira contemporânea a partir de Miguel Rio Branco [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8139/tde-18052015-144956/
    • Vancouver

      Bracchi DN, Lopes IC. Fotografia brasileira contemporânea a partir de Miguel Rio Branco [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8139/tde-18052015-144956/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020