Exportar registro bibliográfico

Tessituras argumentativas: um espaço para a interação (2014)

  • Authors:
  • USP affiliated author: GONçALVES, SIMONE - FFLCH
  • School: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLC
  • Subjects: REDAÇÃO; MÉTODOS DE ENSINO
  • Keywords: Interação; Interaction; Produção textual; Reescrita; Review; Revisão; Rewriting; Textual production
  • Language: Português
  • Abstract: Este trabalho foi elaborado com o objetivo de encontrar respostas para questões relacionadas às práticas de produção de textos na escola e caracteriza-se como pesquisa-ação, por tratar-se de uma alternância de papéis entre professor e pesquisador, ora participando dos movimentos relativos ao processo de ensino e de aprendizagem, construindo as práticas de sala de aula, ora se posicionando como pesquisador reflexivo, buscando discutir a relação entre as práticas da sala de aula e a teoria, levantando hipóteses e buscando respostas para os desafios que emergem das práticas discentes e docentes em sala de aula. O que se pretende é investigar práticas de produção textual por alunos do 9º ano de uma escola particular de ensino fundamental do Estado de São Paulo, buscando refletir sobre como se dão os processos de escrita e reescrita. Os questionamentos colocados foram os seguintes: de que forma os alunos lidam com processos de reescrita de textos? que movimentos podem ser observáveis no percurso entre as versões do texto? Que escolhas os alunos fazem, quando orientados a melhorar seus textos? Buscam ampliar? Buscam reduzir? Como se dão os processos de escrita e reescrita de textos durante a execução de uma sequência didática voltada para o ensino de textos argumentativos? A qualidade das mudanças está ligada ao status do solicitante? De que forma os alunos lidam com processos de reescrita do texto? O gênero discursivo escolhido para a investigação foi a justificativa de projetode iniciação científica, um gênero criado pelo professor-pesquisador por conter características sociodiscursivas que implicam em reflexão, engajamento e posicionamento. As etapas do trabalho foram: (1) construção de uma sequência didática para o ensino do gênero justificativa; (2) aplicação da sequência didática; (3) seleção do corpus: textos produzidos por um total de seis alunos, sendo três meninos e três meninas; (4) análise de dados referentes às réplicas: que modificações foram feitas nos textos depois das intervenções do professor? Que modificações foram feitas nos textos depois das intervenções de um colega de turma?
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 23.10.2014
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GONÇALVES, Simone; GOLDSTEIN, Norma Seltzer. Tessituras argumentativas: um espaço para a interação. 2014.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8142/tde-12052015-130433/ >.
    • APA

      Gonçalves, S., & Goldstein, N. S. (2014). Tessituras argumentativas: um espaço para a interação. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8142/tde-12052015-130433/
    • NLM

      Gonçalves S, Goldstein NS. Tessituras argumentativas: um espaço para a interação [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8142/tde-12052015-130433/
    • Vancouver

      Gonçalves S, Goldstein NS. Tessituras argumentativas: um espaço para a interação [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8142/tde-12052015-130433/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020