Exportar registro bibliográfico


Metrics:

Quantificação e caracterização genotípica de Cryptosporidium spp.isolados de água bruta superficial e esgoto bruto para a monitorização em mananciais de abastecimento público na Região Metropolitana de São Paulo (RMSP) (2015)

  • Authors:
  • Autor USP: ARAUJO, RONALDA SILVA DE - FSP
  • Unidade: FSP
  • Sigla do Departamento: HSP
  • DOI: 10.11606/T.6.2015.tde-28042015-105153
  • Subjects: CRYPTOSPORIDIUM (CARACTERÍSTICAS;QUANTIFICAÇÃO); GENÓTIPOS; ABASTECIMENTO DE ÁGUA (MONITORAMENTO); MANANCIAIS; MICROBIOLOGIA DA ÁGUA; POLUIÇÃO DA ÁGUA POR MICRORGANISMOS; PREVENÇÃO E CONTROLE DE POLUIÇÃO DA ÁGUA; SAÚDE PÚBLICA; REAÇÃO EM CADEIA POR POLIMERASE
  • Keywords: Àgua Bruta Superficial; Cryptosporidium; Esgoto Bruto; Genotipagem; PCR Quantitativo
  • Language: Português
  • Abstract: As doenças de veiculação hídrica, sobretudo aquelas causadas por protozoários intestinais, emergiram como um dos principais problemas de saúde pública. Diferentes aspectos são abordados sobre a biologia e a epidemiologia dos principais protozoários parasitas de transmissão hídrica. Cryptosporidium está descrito como um importante parasita associado a casos de surtos de veiculação hídrica e alimentos no mundo. A epidemiologia complexa desse protozóario e o fato de que a maioria das espécies e genótipos não pode ser diferenciada morfologicamente, aumentam o interesse por metodologias sensíveis e rápidas na detecção de espécies responsáveis pela infecção em humanos. Neste estudo foram avaliadas 50 amostras de água bruta superficial, coletadas no Rio São Lourenço da Serra (P1A) e Represa de Guarapiranga (P2A) e 50 de esgoto bruto coletadas em São Lourenço da Serra (P1E) e no poço vertical de Taboão da Serra (P2E) entre os meses de janeiro e dezembro de 2013. O isolamento dos oocistos na água foi realizado pelo Método 1623.1 e as amostras de esgoto bruto por centrifugação, separação imunomagnética (IMS). A caracterização genotípica ocorreu por meio da nested PCR, clonagem e sequenciamento com base no gene 18S rRNA comum a todas as espécies de Cryptosporidium. O ensaio de PCR em tempo real (qPCR) foi avaliado simultaneamente para detecção e quantificação de oocistos nas amostras. De acordo com os resultados obtidos pela nested PCR,Cryptosporidium foi detectado na água bruta superficial em 12 por cento (3/25) no manancial P1A e 16 por cento (4/25) no P2A. No esgoto bruto o parasito foi detectado em 20 por cento (5/25) das amostras no ponto P1E e 24 por cento (6/25) no poço vertical P2E. A qPCR detectou 52 por cento (0,79 a 1,85 oocistos/L) de amostras positivas no manancial P1A e o parasito foi detectado em 64 por cento (0,72 a 1,4 oocistos/L) no manancial P2A. No esgoto bruto 72 por cento das amostras foram positivas tanto no ponto P1E (7 a 655 oocistos/L) como no P2E (5 a 519 oocistos/L). A caracterização molecular permitiu a identificação de C. parvum e C. hominis na água bruta superficial, e C. hominis, C. parvum, e C. muris no esgoto bruto. As espécies do gênero Cryptosporidium identificadas neste estudo apresentam expressiva relevância para o desenvolvimento da doença humana. Neste sentido, as metodologias de concentração e caracterização empregadas nas análises demonstraram no geral, o potencial para aplicação em estudos de vigilância ambiental e foram úteis na diferenciação de espécies patogênicas. A presença de C. muris associada às espécies antroponóticas identificadas auxiliou na investigação de prováveis fontes de contaminação no ambiente confirmando a necessidade da expansão de medidas efetivas para proteção destes mananciais.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 08.04.2015
  • Acesso à fonteDOI
    Informações sobre o DOI: 10.11606/T.6.2015.tde-28042015-105153 (Fonte: oaDOI API)
    • Este periódico é de acesso aberto
    • Este artigo é de acesso aberto
    • URL de acesso aberto
    • Cor do Acesso Aberto: gold

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ARAUJO, Ronalda Silva de; MATTE, Maria Helena. Quantificação e caracterização genotípica de Cryptosporidium spp.isolados de água bruta superficial e esgoto bruto para a monitorização em mananciais de abastecimento público na Região Metropolitana de São Paulo (RMSP). 2015.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015. Disponível em: < https://teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6135/tde-28042015-105153/pt-br.php > DOI: 10.11606/T.6.2015.tde-28042015-105153.
    • APA

      Araujo, R. S. de, & Matte, M. H. (2015). Quantificação e caracterização genotípica de Cryptosporidium spp.isolados de água bruta superficial e esgoto bruto para a monitorização em mananciais de abastecimento público na Região Metropolitana de São Paulo (RMSP). Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de https://teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6135/tde-28042015-105153/pt-br.php
    • NLM

      Araujo RS de, Matte MH. Quantificação e caracterização genotípica de Cryptosporidium spp.isolados de água bruta superficial e esgoto bruto para a monitorização em mananciais de abastecimento público na Região Metropolitana de São Paulo (RMSP) [Internet]. 2015 ;Available from: https://teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6135/tde-28042015-105153/pt-br.php
    • Vancouver

      Araujo RS de, Matte MH. Quantificação e caracterização genotípica de Cryptosporidium spp.isolados de água bruta superficial e esgoto bruto para a monitorização em mananciais de abastecimento público na Região Metropolitana de São Paulo (RMSP) [Internet]. 2015 ;Available from: https://teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6135/tde-28042015-105153/pt-br.php


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021