Exportar registro bibliográfico

Avaliação do efeito hipotensivo pós-exercício em diferentes fases do dia (2014)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: OLIVEIRA, MARCO AURELIO GOMES DE - IP
  • Unidades: IP
  • Sigla do Departamento: PSE
  • Subjects: EXERCÍCIO FÍSICO; PRESSÃO SANGUÍNEA; HIPOTENSÃO; RITMOS BIOLÓGICOS
  • Keywords: Hipotensão pós-exercício; Post exercise hypotension
  • Language: Português
  • Abstract: Hipotensão pós-exercício é o fenômeno de redução da pressão arterial sistêmica por minutos ou horas após a realização de atividade física, sendo considerado uma resposta fisiológica para o controle pressórico. Fatores como nível pressórico, aptidão física e tipo de exercício físico, contribuem para potencializar a resposta hipotensora pós-exercício, contudo, apesar de ser conhecido que a pressão arterial não possui valor constante ao longo das 24 horas, ainda não foi investigado se existe diferença na resposta hipotensora quando o exercício físico é realizado em diferentes horários do dia. À vista disso, 16 mulheres foram divididas em dois grupos; Adultos Maduros (n=8; 58,7 + 10,9 anos) e Adultos Jovens (n=8; 21 + 4,3 anos). Cada grupo realizou três sessões experimentais; duas compostas de exercício físico resistido de baixa intensidade (dez exercícios a 40% de uma repetição máxima) realizados em diferentes fases do dia, manhã (07:30h) e noite (18:00h), e uma sessão controle - sem a realização de exercício físico. A pressão arterial foi medida por 24 horas após as sessões, a percepção de desconforto avaliada por meio de inventário. Em suma, descrevemos que: (1) Não constatamos redução pressórica no grupo Adultos Jovens em nenhuma das fases avaliadas. Observamos hipotensão pós-exercício no grupo Adultos Maduros de forma intermitente por 5 horas na variável pressão arterial média após o exercício realizado na fase matutina. Com base na análise de Fourier e da própriaobservação do comportamento pressórico da pressão arterial média, podemos observar que o exercício matutino atenuou o padrão pressórico ultradiano, como consequência, a pressão arterial média manteve-se a níveis abaixo da sessão controle; (2) Na avaliação da percepção de desconforto, o grupo Adultos Jovens quando comparado com o grupo Adultos Maduros, apresentou maior desconforto ao realizar o exercício na fase matutina, já na sessão com exercício noturno, encontramos pouca alteração na percepção de desconforto de adultos jovens e adultos maduros
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 12.12.2014
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      OLIVEIRA, Marco Aurelio Gomes de; BARRETO, Luiz Silveira Menna. Avaliação do efeito hipotensivo pós-exercício em diferentes fases do dia. 2014.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47135/tde-30032015-095608/ >.
    • APA

      Oliveira, M. A. G. de, & Barreto, L. S. M. (2014). Avaliação do efeito hipotensivo pós-exercício em diferentes fases do dia. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47135/tde-30032015-095608/
    • NLM

      Oliveira MAG de, Barreto LSM. Avaliação do efeito hipotensivo pós-exercício em diferentes fases do dia [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47135/tde-30032015-095608/
    • Vancouver

      Oliveira MAG de, Barreto LSM. Avaliação do efeito hipotensivo pós-exercício em diferentes fases do dia [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47135/tde-30032015-095608/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020