Exportar registro bibliográfico

Perfil circadiano da expressão de microRNAs em células progenitoras CD133+ (2015)

  • Authors:
  • Autor USP: FREITAS, MARINA MARÇOLA PEREIRA DE - IB
  • Unidade: IB
  • Sigla do Departamento: BIF
  • Subjects: RITMOS BIOLÓGICOS; SINCRONIZAÇÃO; MELATONINA; CÉLULAS-TRONCO; FISIOLOGIA
  • Keywords: CD133; CD133; Ciclo claro/escuro; Light/dark cycle; microRNA; microRNA
  • Language: Português
  • Abstract: Culturas de células primárias diferem de acordo com as condições ambientais nas quais se encontra o doador. Recentemente demonstramos que o ciclo claro/escuro impõe um programa molecular hereditário em cultura celular. Com o intuito de investigar os mecanismos moleculares da memória celular, no presente trabalho isolamos células progenitoras CD133+ de explante de músculo cremaster e investigamos se a expressão de microRNAs (miRNAs), resulta em fenótipos diferentes de acordo com o ciclo claro/escuro. O sequenciamento global de miRNAs utilizando a plataforma SOLiD 4 e analisado pelos programas EdgeR, TargetScan e Metacore resultou na identificação de 541 miRNAs maduros, os quais apresentam dois perfis de expressão distintos de acordo com a hora de obtenção das culturas. miR-1249 e miR-129-2-3p são mais expressos em células obtidas durante o dia e favorecem a manutenção da pluri/multipotência celular. Já células obtidas à noite expressam maior conteúdo dos miR-182, miR-96-5p, miR-223-3p, miR-146a-3p e miR-146a-5p resultando na inibição da resposta inflamatória e no favorecimento da maturação celular quando comparadas às células obtidas de dia. A análise funcional da inibição da resposta inflamatória em células obtidas à noite foi confirmada por PCR array que revelou na menor expressão de genes relacionados à via de sinalização TLR/NF-κB, incluindo Traf6, um alvo do miR-146a. Além disso, a translocação nuclear de NF-κB é reduzida à noite e é inversamente proporcionalao nível de melatonina plasmática. Demonstramos ainda que a melatonina in vitro favorece o estado de pluripotência celular por aumentar a expressão de CD133, miR-1249 e miR-129-2-3p. No entanto, esse efeito depende do contexto celular visto que a expressão de receptores de melatonina também varia de acordo com a hora de obtenção da cultura. Em conjunto, nossos dados sugerem que o ciclo claro/escuro interfere no perfil de expressão de miRNAs e impõe uma variação no fenótipo de células progenitoras CD133+
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 28.01.2015
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MARÇOLA, Marina; MARKUS, Regina Pekelmann. Perfil circadiano da expressão de microRNAs em células progenitoras CD133+. 2015.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41135/tde-19052015-092113/ >.
    • APA

      Marçola, M., & Markus, R. P. (2015). Perfil circadiano da expressão de microRNAs em células progenitoras CD133+. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41135/tde-19052015-092113/
    • NLM

      Marçola M, Markus RP. Perfil circadiano da expressão de microRNAs em células progenitoras CD133+ [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41135/tde-19052015-092113/
    • Vancouver

      Marçola M, Markus RP. Perfil circadiano da expressão de microRNAs em células progenitoras CD133+ [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41135/tde-19052015-092113/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021