Exportar registro bibliográfico

Efeito da laserfototerapia na reparação de osso alveolar humano: análise microtomográfica e histomorfométrica (2015)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: ROMãO, MARCIA MARIA ALTAVISTA - FO
  • Unidades: FO
  • Sigla do Departamento: ODE
  • Subjects: REGENERAÇÃO ÓSSEA; MICROTOMOGRAFIA (ODONTOLOGIA); ENXERTO ÓSSEO; IMPLANTES DENTÁRIOS; FOTOTERAPIA
  • Keywords: Bioestimulação; Enxerto-laser; Implante imediato; Laser; Microtomografia; Regeneração óssea
  • Language: Português
  • Abstract: A instalação imediata de implante dental na região de molares é crítica, devido a grande perda óssea e da discrepância entre a espessura da crista alveolar e a plataforma do implante. Laserfototerapia (LFT) auxilia na reparação óssea, portanto pode acelerar a instalação do implante. Vinte pacientes foram selecionados para o estudo. Dez pacientes foram submetidos à LFT com laser de diodo de GaAlAs (808nm) no transcirúrgico de exodontia de molares, imediatamente após, e em 24h, 48h, 72h, 96h, 7 e 15 dias. As irradiações foram aplicadas no modo contínuo, em contato e pontual (100mW, 0,04cm2, 075,0J/cm2, 30s por ponto, 3J por ponto, em 5 pontos). O grupo controle (n=10) recebeu o mesmo tratamento, no entanto, o equipamento estava desligado. Quarenta dias depois, espécimes do tecido formado no interior dos alvéolos foram coletados para posterior análise por microtomografia (microCT) e histomorfometria.Dados de ambos os grupos foram comparados pelo test t de Student, enquanto aqueles das diferentes avaliações microtomográficas foram comparados pelo teste de correlação de Pearson (p<0.05). O volume relativo do osso, bem como a área relativa do osso foram significativamente maiores (p<0.001) no grupo laser do que no controle. No grupo controle houve correlação negativa significativa entre número e espessura de trabéculas, e entre número e separação entre trabéculas (p<0.01); entre espessura e separação das trabéculas a correlação foi positiva (p<0.01). O grupo laser mostrou correlação negativa significante entre número e espessura de trabéculas (p<0.01). A Laserfototerapia acelerou o reparo ósseo. Baseado na correlação de Pearson foi possível inferir que o grupo laser apresentou uma distribuição trabecular mais homogênea, com trabéculas menos espessas e mais numerosas, o que pode propiciar a redução do tempo para a instalação do implante.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 06.02.2015
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ROMÃO, Marcia Maria Altavista; LASCALA, Cesar Angelo. Efeito da laserfototerapia na reparação de osso alveolar humano: análise microtomográfica e histomorfométrica. 2015.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23139/tde-16042015-102045/ >.
    • APA

      Romão, M. M. A., & Lascala, C. A. (2015). Efeito da laserfototerapia na reparação de osso alveolar humano: análise microtomográfica e histomorfométrica. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23139/tde-16042015-102045/
    • NLM

      Romão MMA, Lascala CA. Efeito da laserfototerapia na reparação de osso alveolar humano: análise microtomográfica e histomorfométrica [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23139/tde-16042015-102045/
    • Vancouver

      Romão MMA, Lascala CA. Efeito da laserfototerapia na reparação de osso alveolar humano: análise microtomográfica e histomorfométrica [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23139/tde-16042015-102045/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020