Exportar registro bibliográfico

Imagens da mulher no ocidente moderno (2014)

  • Authors:
  • Autor USP: ANCHIETA, ISABELLE DE MELO - FFLCH
  • Unidade: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FSL
  • Subjects: MULHERES; ICONOGRAFIA; HISTÓRIA SOCIAL
  • Keywords: Images; Individumanização; Individumanization; Modern western; Ocidente moderno; Polimagens
  • Language: Português
  • Abstract: Remontar a gênese social da individualização e humanização no Ocidente moderno através das imagens da mulher (xilogravuras, artes plásticas, fotografias e cinema). Esse foi o meu desafio ao longo de oito anos realizando pesquisas de campo no exterior, passando pelos arquivos de bibliotecas da Alemanha, Suíça, museus da Europa até os Estúdios de Hollywood. Pinturas, esculturas, panfletos noticiosos e filmes foram a matéria prima para remontar as relações sociais e compreender como essas visualidades também criam interações sem precedentes. Elegi as imagens da mulher por ser ambíguas personagens que atraem, em torno de si, os mais contraditórios sentimentos sociais. Mulheres que nem sempre foram vítimas de suas representações. Conformadas em temíveis e atrativas imagens elas também souberam fazer uso e proveito do fascínio que provocaram, invertendo os jogos de poder. Para entender esse processo realizo uma sociogênese dos estereótipos femininos no Ocidente Moderno. Bruxas; Tupinambás canibais; Maria; Marias Negras na América, Maria Madalena, Cortesãs e Stars Hollywoodianas. Irei seriá-las. Aproximá-las. Contrapô-las. Pois, se, de fato, as imagens de que trato são amplamente conhecidas, falta pensá-las em conjunto, na longa série que as relaciona e tensiona dentro do processo social em que são formadas _ e que elas em grande medida conformam. Um corpo a corpo entre as imagens que traz surpreendentes elucidações sociológicas. Constato: em uma imagem, sobrevivem várias imagens.Polimagens. Apresento as continuidades, citações e parciais rupturas entre elas. Momento em que se observa a transição de uma mulher em abstrato, para uma em particular. Imagens motivadas, sobretudo, pela demanda por fazer-se ver. As pessoas passam a querer ter um retrato público. Uma imagem de si em busca de um desejo social inalterável: o olhar alheio, a estima e o reconhecimento. E são as imagens as armas simbólicas privilegiadas dessa dinâmica, acionando uma espiral de disputas por reconhecimento que conduz a uma crescente individualização e humanização das imagens. Visualidades que testemunham e instauram novas formas de organização e integração social. O que denominei de individumanização
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 16.09.2014
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ANCHIETA, Isabelle de Melo; ARRUDA, Maria Arminda do Nascimento. Imagens da mulher no ocidente moderno. 2014.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8132/tde-19032015-190839/ >.
    • APA

      Anchieta, I. de M., & Arruda, M. A. do N. (2014). Imagens da mulher no ocidente moderno. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8132/tde-19032015-190839/
    • NLM

      Anchieta I de M, Arruda MA do N. Imagens da mulher no ocidente moderno [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8132/tde-19032015-190839/
    • Vancouver

      Anchieta I de M, Arruda MA do N. Imagens da mulher no ocidente moderno [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8132/tde-19032015-190839/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021