Exportar registro bibliográfico

Variabilidade espacial do solo em sistema plantio direto estabilizado (2015)

  • Authors:
  • USP affiliated author: DUARTE, SARA DE JESUS - ESALQ
  • School: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LSO
  • Subjects: PLANTIO DIRETO; FÍSICA DO SOLO; GEOESTATÍSTICA; CONDUTIVIDADE HIDRÁULICA DO SOLO
  • Language: Português
  • Abstract: A homogeneidade do solo em sistema de plantio direto, é um assunto questionável, pois alguns autores têm considerado que, com o passar do tempo, há aumento da homogeneidade do solo, outros têm verificado a redução. A hipótese deste trabalho é que em sistema de plantio direto consolidado existe correlação e dependência espacial dos atributos físicos-hídrico do solo e do desenvolvimento vegetativo da soja, sendo a cokrigagem colocalizada interpolador mais representativo destas correlações. O objetivo foi avaliar a variabilidade espacial de atributos físicos do solo e do desenvolvimento vegetativo da soja em sistema de plantio direto, adotado há mais de 19 anos. O trabalho foi desenvolvido na fazenda-escola da Universidade Estadual de Ponta Grossa - Paraná. A área de estudo tem como cultura a soja e está inserida em um relevo cuja declividade máxima, no sentido da pendente, é de aproximadamente 10 %. Nesta área, foram avaliados atributos físicos e hídrico do solo, como: densidade do solo (Ds), granulometria (areia e argila) e condutividade hidráulica saturada (Kfs). Avaliou-se, ainda, atributos de planta: altura da planta, estádio reprodutivo e stand. Para tais avaliações, foi demarcado um grid com espaçamento 10 x 10 metros, onde as avaliações foram realizadas em cada ponto. A análise dos dados foi efetuada por geoestatística, utilizando o pacote de programas GEOSTAT, para todas as variáveis que apresentaram dependência espacial. Foi obtido mapa de krigagem, e para todas asque apresentaram correlação, mapas de cokrigagem e cokrigagem colocalizada. A precisão de tais mapas foi obtida por meio dos menores valores de variância e a raiz quadrada do erro médio (RMSE). Verificou-se existência de dependência espacial na área em estudo, sendo a declividade um dos fatores responsáveis pela variação e o outro fator pode ser atribuído ao manejo uniforme adotado na área. Existiu correlação direta e positiva entre Kfs e areia e negativa com argila. Os atributos que influenciaram positivamente o desenvolvimento da planta foram a Kfs e, negativamente, a densidade do solo (Ds). Quanto aos métodos de estimação, o que obteve o mapa mais representativo da condição real, para a maioria das variáveis estudadas, foi a cokrigagem colocalizada. Apenas para a correlação argila x areia não houve ganho no uso da cokrigagem colocalizada, por isso, a cokrigagem ordinária foi a mais indicada
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 10.04.2015
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      DUARTE, Sara de Jesus; SILVA, Alvaro Pires da. Variabilidade espacial do solo em sistema plantio direto estabilizado. 2015.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11140/tde-04052015-105951/ >.
    • APA

      Duarte, S. de J., & Silva, A. P. da. (2015). Variabilidade espacial do solo em sistema plantio direto estabilizado. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11140/tde-04052015-105951/
    • NLM

      Duarte S de J, Silva AP da. Variabilidade espacial do solo em sistema plantio direto estabilizado [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11140/tde-04052015-105951/
    • Vancouver

      Duarte S de J, Silva AP da. Variabilidade espacial do solo em sistema plantio direto estabilizado [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11140/tde-04052015-105951/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020