Exportar registro bibliográfico

A temática algas na formação continuada de professores de Biologia: uma experiência na Educação a Distância (2014)

  • Authors:
  • Autor USP: LIMA, THIERRY FARIA - IB
  • Unidade: IB
  • Sigla do Departamento: BIB
  • Subjects: ALGAS; FORMAÇÃO DE PROFESSORES; EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA; DIDÁTICA; BIOLOGIA (ENSINO); SABERES DO DOCENTE; ALGAE
  • Keywords: Algas,Formação de Professores; Didactic Resources; Distance Education; Recursos Didáticos; Teacher Training
  • Language: Português
  • Abstract: Diante das demandas do cenário da Educação atual, incluindo o Ensino de Biologia, professores em exercício transformam-se novamente em aprendizes e sua qualificação pedagógica torna-se urgente e necessária. Uma das estratégias atualmente adotadas na formação continuada refere-se ao oferecimento de cursos em Educação a Distância. A ação dos professores sempre é permeada por diversos saberes docentes, que devem ser abordados nesses cursos de formação. Pensando-se nos saberes disciplinares, ao analisarmos documentos orientadores como a Proposta Curricular do Estado de São Paulo (PCESP) - Ensino Médio, percebemos que a abordagem do tema algas é problemática. Diante desse panorama, o presente trabalho visou contribuir para a ampliação do conhecimento sobre a abordagem das algas na formação continuada de professores de Biologia na modalidade Educação a Distância. Para tanto, focamos 36 profissionais participantes em um curso de especialização docente (Curso de Especialização para Docentes em Biologia, EspBio) oferecido pela Rede São Paulo de Formação Docente (Redefor). Tivemos como um dos objetivos específicos elaborar recursos didáticos sobre as algas, abordando três vertentes temáticas principais: algas e cotidiano (incluindo biodiversidade e importância socioeconômica), importância ecológica e evolução do grupo. Tal objetivo foi alcançado pela elaboração do jogo virtual Algazarra!, da tirinha "As algas no divã" e de uma paráfrase sobre evolução vegetal. Outro objetivoespecífico foi avaliar como e se tais recursos influenciaram no aprimoramento conceitual e na ampliação dos conhecimentos sobre estratégias didáticas referentes à abordagem do tema algas por parte dos cursistas do EspBio. Para isso, foram aplicados diversos instrumentos de coleta de dados (questionários, elaboração de textos e fórum on-line). Em nossa análise, utilizamos: (i) para respostas a questões totalmente fechadas, apenas a quantificação simples dos dados; (ii) para respostas à questões abertas, processos de categorização aberta e quantificações simples (cálculo de porcentagens de ocorrências das diferentes categorias), (iii) para instrumentos que envolviam maior produção de texto, a metodologia de análise textual discursiva. Nossos resultados evidenciaram que, com relação a concepções iniciais dos cursistas, eles consideram que o estudo das algas e sua abordagem disciplinar são importantes para a formação dos alunos. Ao longo da disciplina, notamos que houve uma tendência de aumento entre professores que julgam seus conhecimentos acerca das algas como bom e uma redução entre aqueles que julgam como regular. Percebemos, também, que, de maneira geral, segundo as próprias avaliações dos cursistas, houve uma ampliação no conhecimento acerca das algas, tanto no que se refere à parte conceitual, quanto aquele referente às metodologias para abordar tal temática em sala de aula. Observamos, ainda, que a maioria dos cursistas, inicialmente, declararam abordar o tema algasapenas com aulas expositivas tradicionais. Já ao final da aula sobre algas do EspBio, evidenciou-se que os cursistas pretendiam diversificar sua atuação em sala de aula, passando a utilizar diferentes estratégias e recursos didáticos, sendo que muitos avaliaram a tirinha, a paráfrase e o jogo como recursos potencialmente interessantes para auxiliar nessa diversificação. A análise dos textos produzidos a partir da interpretação da tirinha "Algas no divã" indicou que, para alguns cursistas, tal atividade auxiliou na desconstrução do mito "Amazônia, pulmão do mundo", o que pode ser um indicador de aprimoramento conceitual por parte desses cursistas do EspBio. Ao analisarmos um fórum on-line sobre a paráfrase, inferimos que tal fórum constituiu-se em um ambiente propício à construção de conhecimento dos cursistas, uma vez que ocorreu troca de ideias e experiências. Acreditamos, assim, que os recursos didáticos desenvolvidos na presente pesquisa, aliados às reflexões sobre sua possível utilização em sala de aula, enquadram-se nesse tipo de pesquisa que pode auxiliar na formação efetiva do docente, ao subsidiar suas práticas. Cremos, ainda, que esse processo de reflexão pode ter influência positiva nos saberes docentes como os experienciais (ampliação de estratégias didáticas) e/ou os disciplinares (ampliação de conhecimentos relacionados às algas) dos cursistas do EspBio
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 23.10.2014
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      LIMA, Thierry Faria; URSI, Suzana. A temática algas na formação continuada de professores de Biologia: uma experiência na Educação a Distância. 2014.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41132/tde-27012015-080723/ >.
    • APA

      Lima, T. F., & Ursi, S. (2014). A temática algas na formação continuada de professores de Biologia: uma experiência na Educação a Distância. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41132/tde-27012015-080723/
    • NLM

      Lima TF, Ursi S. A temática algas na formação continuada de professores de Biologia: uma experiência na Educação a Distância [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41132/tde-27012015-080723/
    • Vancouver

      Lima TF, Ursi S. A temática algas na formação continuada de professores de Biologia: uma experiência na Educação a Distância [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41132/tde-27012015-080723/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020