Exportar registro bibliográfico

Evolução pós-operatória tardia de obesos graves submetidos à gastroplastia com derivação em Y de Roux: Análise da influência dos hormônios gastrointestinais no reganho de peso (2014)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: Santo, Marco Aurelio - FM
  • Unidades: FM
  • Sigla do Departamento: MGT
  • Subjects: GASTROENTEROLOGIA; OBESIDADE MÓRBIDA (TERAPIA); CIRURGIA BARIÁTRICA; HORMÔNIOS DO TRATO GASTROINTESTINAL; LEPTINA; GRELINA; GANHO DE PESO
  • Language: Português
  • Abstract: INDRODUÇÃO: A cirurgia bariátrica representa a principal forma de tratamento da obesidade grave, dados os seus resultados favoráveis em termos de perda efetiva e sustentada do peso ao longo do tempo e controle das comorbidades, com impacto na melhora da qualidade de vida. A operação de gastroplastia redutora com derivação em Y de Roux ( GDYR ) constitui a operação preferencialmente realizada. No entanto, uma das principais preocupações no seguimento tardio dos pacientes submetidos ao tratamento cirúrgico é a recorrência da obesidade, as vezes com reganho substancial de peso, caracterizando o insucesso. Com o melhor entendimento do papel dos enterohormônios na determinação da perda de peso, assume grande relevância a análise da secreção enterohormonal de pacientes que reganharam peso após a GDYR. OBJETIVO: Avaliar a influência da secreção de enterohormônios e adipocinas, em período pós-operatório tardio de pacientes obesos graves submetidos à gastroplastia com derivação em Y de Roux, comparando a secreção pós-prandial de Grelina, GIP, GLP-1 e Leptina entre pacientes com reganho de peso e pacientes com evolução satisfatória no controle pós-operatório do peso. MÉTODOS: Vinte e quatro pacientes com seguimento pós-operatório de 27 a 59 meses foram selecionados e divididos em 2 Grupos conforme evolução em termos de manutenção do peso perdido: Grupo A ( 14 pacientes ) com evolução satisfatória representada por sucesso na perda com %PEP superior a 50% quando atingido o peso mínimo e com manutenção de mais de 50 % de peso perdido e Grupo B ( 10 pacientes ) com evolução insatisfatória, representada por reganho expressivo de peso após sucesso inicial na perda, com manutenção de menos de 50% de peso perdido, expressa pela relação entre a %PEP atual e %PEP do peso mínimo menor ou igual a 50%. Foi avaliado o perfil de secreção enterohormonal através da mensuraçãodos níveis séricos basais em jejum e após refeição padronizada de Grelina, GIP, GLP-1 e Leptina, formulando-se curva em 30, 60, 90 e 120 minutos. RESULTADOS: Não houve diferença no perfil de secreção de grelina. Houve diferença no perfil de secreção de GIP, com elevação percentual em 30 minutos em relação ao nível basal no GRUPO A ( 330,0% ) em maior grau do que no GRUPO B ( 192,2% ) ( p = 0,01 ). Houve diferença no perfil de secreção de GLP-1, com elevação em valores absolutos ( p = 0,03) e percentual em 30 minutos em relação ao nível basal no GRUPO A ( 124,0% ) em maior grau do que no GRUPO B ( 46,5% ( p = 0,01). Houve diferença estatística entre os valores absolutos basais de leptina, com níveis mais elevados no GRUPO B( p = 0,02 ).CONCLUSÕES: O perfil de secreção enterohormonal dos pacientes que reganharam peso após GDYR é diferente dos pacientes com controle satisfatório. Após estímulo com refeição, níveis reduzidos de GIP e GLP-1 podem indicar influência no processo de reganho de peso. O perfil de secreção de grelina foi semelhante, sendo que a leptina revela maior acúmulo de gordura no grupo que reganhou peso
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 30.10.2014

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SANTO, Marco Aurelio. Evolução pós-operatória tardia de obesos graves submetidos à gastroplastia com derivação em Y de Roux: Análise da influência dos hormônios gastrointestinais no reganho de peso. 2014.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014.
    • APA

      Santo, M. A. (2014). Evolução pós-operatória tardia de obesos graves submetidos à gastroplastia com derivação em Y de Roux: Análise da influência dos hormônios gastrointestinais no reganho de peso. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Santo MA. Evolução pós-operatória tardia de obesos graves submetidos à gastroplastia com derivação em Y de Roux: Análise da influência dos hormônios gastrointestinais no reganho de peso. 2014 ;
    • Vancouver

      Santo MA. Evolução pós-operatória tardia de obesos graves submetidos à gastroplastia com derivação em Y de Roux: Análise da influência dos hormônios gastrointestinais no reganho de peso. 2014 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020